Pais são estimulados a participar da vida escolar dos filhos

A palestra orientou sobre o processo de aprendizado dos alunos.
11/04/2015 07h12 - Atualizado em 11/04/2015 10h37
Foto: Divulgação

A importância do acompanhamento familiar no processo de ensino aprendizagem do aluno foi tema de palestra, ocorrida ontem (10), na Escola Municipal Esmeraldo dos Santos Bessa, no Jorge Teixeira, zona Leste. O encontro reuniu pais e educadores com o intuito de melhorar o desempenho escolar dos estudantes.

A palestra foi ministrada por profissionais da equipe multidisciplinar da Gerência de Atividades Complementares e Programas Especiais (Gacpe) da Secretaria Municipal de Educação (Semed): a psicóloga Maria do Perpétuo Socorro e a pedagoga e coordenadora do Programa Municipal Saúde do Escolar, Lourdes Souza.

A escola atende a 589 alunos do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental e desenvolve os programas Mais Educação, Viajando na Leitura, Telecentro, Programa Um Computador por Aluno (Pro-Uca), Amigos da Escola, além de possuir parcerias com o programa Ronda nos Bairros, da Polícia Militar, e com o Conselho Tutelar da Zona Leste 2.

“A ação é resultado de todo o acompanhamento de Gestão Integrada da Escola (Gide) da Semed. A escola realiza ações pedagógicas, administrativas e humanas. Tanto que percebemos que há alunos que não têm alcançado o rendimento desejado em sala de aula por não terem o acompanhamento da família. Dentro desse contexto, foram convocados profissionais da rede municipal, pais e também o conselho tutelar para a palestra, como mais um recurso para ajudar o aluno”, disse a diretora da instituição de ensino, Sandra Namiuti, ressaltando que o conselho tutelar terá papel fundamental no acompanhamento de casos em que pais não têm compromisso com os filhos junto à escola.

A psicóloga da Semed e palestrante do encontro, Maria do Perpétuo Socorro, destacou a necessidade da presença constante dos pais e responsáveis na vida escolar dos filhos, já que a educação, desenvolvimento e formação do aluno devem ser compromissos de todos.

“É uma das coisas mais importantes na vida acadêmica do aluno. A escola não pode se responsabilizar sozinha, pois é uma formação conjunta, tanto da família, quanto da escola. A unidade de ensino trabalha o pedagógico e os responsáveis entram na educação doméstica”, comentou.

Pai de Joabe Castro Gomes, 11, aluno do 5º ano matutino, o microempreendedor Jair Monteiro Gomes, 42, afirmou que sempre que possível acompanha os eventos da escola. Ele fez questão de ressaltar a importância da palestra e as orientações pertinentes sobre o aluno na escola e na família. “A palestra nos orientou sobre o processo de aprendizado de nossos filhos e também sobre a interligação entre a família e a escola. Ou seja, a vida cotidiana das crianças e o aprendizado delas dentro da escola. Eu sempre procuro acompanhar tudo, saber como está o desempenho de meu filho na sala de aula”.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Facebook

Economia

Contato Termos de uso