27/05/2015 07h02 - Atualizado em 26/05/2015 22h28

Cantor Rafael Ilha deixa a prisão

O cantor vai ter que se apresentar no Fórum da Barra Funda nesta quarta-feira, às 11h.
Foto: Reprodução/Internet
Foto: Reprodução/Internet

Fonte: UOL

Rafael Ilha conseguiu liberdade provisória na noite desta terça-feira (26), após ser preso por conta de um mandado de prisão emitido porque ele não teria comunicado uma mudança de endereço, entre outros problemas. O advogado do cantor, José Vanderlei Santos, conseguiu que ele deixasse a prisão por volta das 19h30. Contudo, o cantor vai ter que se apresentar no Fórum da Barra Funda nesta quarta-feira, às 11h.

Na sequência, o cantor foi encaminhado para o IML (Instituto Médico Legal), procedimento padrão nestes casos. Quando voltou na delegacia para entregar o laudo, ele falou rapidamente com a imprensa: “Já estou solto. Vou assinar e sair”. Rafael Ilha deixou o local pelos fundos, no carro do advogado, sem dar mais declarações.

Aline Kezh, mulher do cantor, publicou uma mensagem comemorando a novidade em seu perfil pessoal no Facebook. “Ahaaaa felicíssima!”, escreveu. Ela está grávida de nove meses de uma menina, a primeira filha do casal, que se chamará Laura.

Detido em São Paulo desde segunda-feira (25), Rafael parecia estar tranquilo com a situação. Mais cedo, Aline Kezh postou um vídeo em que o marido aparece explicando a prisão para os fãs. O ex-polegar, que estava na 4ª delegacia da DIVECAR (Divisão de Investigações sobre Furtos, Roubos e Receptações de Veículos e Cargas), aparece na gravação dizendo que tudo não passou de um grande mal-entendido.

“Eu saí para trabalhar na parte da manhã, para ir no Albert Einstein fazer a cobertura do acidente da Angélica e do Luciano Huck e, chegando em casa, por volta das 15h, eu recebi os policiais do Deic. Pessoas muito legais, que estão me tratando muito bem. A placa do meu carro foi clonada, tinham feito assaltos com ela. E eles foram investigar”, disse o cantor sobre as circunstâncias que o levaram a ser detido.

“Chegando aqui tinha saído um mandado de prisão devido ao não cumprimento de uma pena alternativa de 2008. Mas isso aí foi só uma falta de comunicação minha com a Justiça após uma mudança de endereço. Eles não me acharam e acabou saindo esse mandado. Já era até para eu estar saindo daqui agora, mas o Fórum da Barra Funda fechou e não deu. Mas amanhã estou saindo. Não é nada demais, não fiz nada de errado. Fiquem tranquilos”, disse Rafael.

Cela comum

No início da manhã desta terça-feira, o delegado responsável pela prisão de Rafael Ilha, Dr. João Renato Weselowski, conversou com o UOL sobre o caso. Segundo ele, o cantor passou a noite em uma cela comum na 4ª DIVECAR — Divisão de Investigações sobre Furtos, Roubos e Receptações de Veículos e Cargas–, em São Paulo, e seria levado para audiência.

“O mandado apontava que havia pena restritiva de direito e ele não teria comunicado uma mudança de endereço, entre outros problemas”, explicou o delegado, antes de completar: “Em virtude disto, Rafael se apresentará em juízo hoje. Quem irá definir seu futuro será o juiz”.

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505