06/05/2015 07h00 - Atualizado em 6/05/2015 08h03

Homem mata esposa por ciumes

Homicida é preso no interior do estado.
Foto: Divulgaçao
Foto: Divulgaçao

Policiais da DEHS prendem em Beruri homem procurado por homicídio cometido em 2014.

O mestre do obras conhecido como Leomar José da Silva, 38, foi preso no Centro de Beruri, no dia 1º de maio, pela equipe de investigação da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), com o apoio de policiais civis lotados na 80ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP), localizada em Beruri, município distante 173 km em linha reta de Manaus.

Leomar era procurado pela Justiça por homicídio qualificado (que tem intensão de matar). Ele trabalhava como mestre de obras desde setembro do ano passado no município, após fugir de Manaus, depois de matar a esposa, Yone Alexandre da Silva, na época com 37 anos, desferindo quatro golpes de faca nas costas da esposa.

O crime

O homicídio ocorreu no dia 28 de setembro de 2014, por volta das 19h, na Rua Crispim do bairro Colônia Santo Antônio, zona Norte de Manaus.
Leomar foi preso em cumprimento a mandado de prisão, expedido no dia 18 de março deste ano pelo juiz Anésio Rocha Pinheiro, da 2ª Vara do Tribunal do Júri. De acordo com a delegada plantonista da DEHS responsável pelas investigações em torno do caso, Sansha Sodré, o crime teria sido motivado por ciúmes. O transporte do infrator até a capital ocorreu na tarde de ontem, 4, por volta das 13h, pela equipe da especializada.

“Leomar acumula alguns boletins de ocorrência registrados pela vítima por agressão. O motivo era sempre o mesmo: ciúme. Há algum tempo ele começou a afirmar que ela estava o traindo e a matou sem nem mesmo pensar no filho deles. Sabíamos que ele estava no interior. Recebemos denúncias de que ele estaria em Beruri, então solicitamos o apoio da equipe da 80ª DIP para efetuarmos a prisão dele”, informou Sansha.

O homem foi autuado por homicídio qualificado. Ao término dos procedimentos legais ele foi encaminhado à Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, onde ficará à disposição da Justiça.

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505