25/05/2015 17h22 - Atualizado em 26/05/2015 18h26

Vereador solicita que prefeitura amplie Zona Máxima de Restrição de Circulação

A área de restrição entrou em vigor em 2013
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O vereador Professor Bibiano (PT) protocolará ainda esta semana, uma indicação à Prefeitura de Manaus solicitando que o Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans) amplie a Zona Máxima de Restrição de Circulação (ZMRC), após a realização de um estudo técnico. A área de restrição entrou em vigor a partir do Decreto Municipal nº 2.100/2013.

Bibiano enfatizou em seu discurso na manhã desta segunda-feira (25), na Câmara Municipal de Manaus (CMM), que a atual administração precisa atuar de forma séria para prevenir que outros acidentes, como o que ocorreu no último dia 21 de maio, não aconteçam.

“Mais vidas precisarão ser ceifadas para que a prefeitura tome providências eficazes que evitem acidentes desse tipo? O acidente de março o ano passado que vitimou dezesseis pessoas na Djalma Batista fez com que a Prefeitura por meio de outro decreto ampliasse a área de restrição também para as avenidas Djalma e Constantino Nery. É preciso que o Executivo comece a pensar na ampliação do Decreto da zona máxima de restrição”, destacou o parlamentar.

O Decreto que ampliou a Zona Máxima de Restrição foi o de nº 14.064/2014, após o acidente na Djalma Batista.

Bibiano frisou que já apresentou inúmeros requerimentos cobrando da Prefeitura respostas para a falta de planejamento principalmente pela não elaboração da Minuta do Plano Municipal de Mobilidade Urbana, que deveria ter sido entregue em março deste ano, segundo a Lei Federal nº 12.587/2012.

Para o vereador, a falta de planejamento e cumprimento de leis demonstra a falta de responsabilidade do Executivo com a população e consequentemente afetam o dia a dia de todas as pessoas que residem na capital.

“Esta administração não quer ouvir o clamor das vidas que foram ceifadas, milhares de famílias ainda estão a chorar. É preciso avançar além da discussão. Com certeza é preciso ampliar esta zona de restrição para lugares pontuais da nossa cidade. Porém, não somente ampliar, mas realmente fiscalizar se a legislação está sendo cumprida”, afirmou.

O parlamentar também apresentou o requerimento nº 1687/2015, convocando o diretor-presidente da Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU), Pedro Carvalho, o diretor-presidente do Manaustrans, Paulo Henrique Martins e o diretor do Departamento Nacional de Trânsito no Amazonas (Detran-Am), Leonel Feitoza para que prestem esclarecimentos sobre quais medidas estão sendo tomadas pelas secretarias e órgãos do Poder Público no sentido de fiscalizar o cumprimento de leis e a priorização dos pedestres e ciclistas em Manaus.

Fonte: Da Redação

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505