09/06/2015 16h28 - Atualizado em 9/06/2015 16h28

Agentes de segurança poderão ter passe livre em transporte coletivo

A proposta é do deputado Platiny Soares e do vereador Joãozinho Miranda.
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Policiais militares, bombeiros militares, policiais civis, agentes penitenciários e guardas municipais poderão ter passe livre para usar o transporte público coletivo de Manaus. A proposta de alteração na Lei Orgânica do Município de Manaus (Loman) e inclusão dos agentes de segurança pública na gratuidade no transporte público foi acertada na tarde da segunda-feira (8) entre o vereador Joãozinho Miranda (PTN) e o vice-presidente da Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), deputado Platiny Soares (PV).

Joãozinho Miranda é autor da emenda à Loman que dará passe livre aos guardas metropolitanos de Manaus e policiais militares. Após se reunir com o deputado Platiny Soares, Miranda garantiu a inclusão de outros agentes de segurança pública no benefício. “Com as alterações sugeridas, entendemos que o projeto ganhou mais amplitude. Hoje conversamos com o vereador Joãozinho Miranda, autor do projeto, mas iremos buscar o presidente da Câmara, vereador Wilker Barreto e o líder do prefeito Arthur Neto, vereador Elias Emmanuel, para pedir apoio na propositura”, afirmou Platiny Soares.

Joãozinho Miranda informou que esta semana irá procurar o vereador Alonso Oliveira (PTC), presidente da Comissão Especial de Revisão da Lei Orgânica do Município da Câmara Municipal de Manaus (CERLOMAN/CMM), para propor a alteração no texto do projeto já em tramitação. “Caso não seja possível, tão logo a Câmara aprove a nova Loman, iremos propor a emenda para incluir os agentes de segurança”, garantiu Joãozinho Miranda.

De acordo com o novo texto, ficará assegurado aos agentes de segurança – policiais e bombeiros militares, agentes penitenciários, policiais civis e guardas metropolitanos – o passe livre para usar o transporte público. “Em conversa com o vereador Joãozinho, optamos pelo passe livre para que o policial não precise se identificar, garantindo assim sua segurança e anonimato ao entrar no transporte público”, comentou Platiny Soares.

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505