03/06/2015 11h24 - Atualizado em 3/06/2015 11h27

Amazonense lança livro propondo metodologia que une engenharia e medicina no tratamento do câncer

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Com apenas 33 anos de idade, mas um vasto conhecimento científico, a Doutora em Engenharia Aeronáutica e Mecânica na Área em Sistemas Aeroespaciais e Mecatrônica pelo Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), Tamara Menezes Arruda, investiu anos de dedicação à pesquisa para desenvolvimento de um sistema alternativo, revolucionário para o tratamento do câncer, de forma mais barata, pontual e dirigida.

Toda a aplicação do método foi resultado da tese de Doutorado da amazonense, que resultou no livro que será lançado em agosto de 2015, intitulado “Metodologia para Utilização de Componentes não Qualificados em Sistemas Microprocessados para Aplicação Espacial”. Segundo Tamara, o objetivo do livro é propor uma metodologia que permite a utilização de componentes eletrônicos não qualificados para aplicações críticas, como por exemplo, área espacial, com um nível de confiabilidade especificado.

Os assuntos abordados, de forma singular e diferentemente do material encontrado na bibliografia especializada da área em questão, reúne de forma orientada à aplicação uma extensa gama de informações de relevância e completamente pertinentes ao tema que dificilmente são encontradas, principalmente quando se leva em consideração o fato de se ter aplicações em casos reais. A obra em fase final de impressão está sendo produzida pela Editora da Universidade Federal do Amazonas (EDUA), um modo de a autora demonstrar sua gratidão à terra natal.

Tamara revela que seu sonho é de fato, juntar as duas áreas de conhecimentos, Engenharia e Medicina para o desenvolvimento de uma Metodologia de Aplicação e um Sistema mais eficiente para tratamento de células cancerígenas, podendo assim, contribuir para a melhoria na qualidade do tratamento, curando ou amenizando o sofrimento e consequentemente proporcionando uma melhor qualidade de vida.

Vale salientar que o sistema em desenvolvimento pode ser aplicado em várias áreas da medicina como: Dermatologia (cicatrização e estética), Vascular (processos inflamatórios) e tratamento da dor crônica.

Sobre a Autora
Possui graduação em Engenharia da Computação, Mestrado em Engenharia Aeronáutica e Mecânica na Área de Sistemas Aeroespaciais e Mecatrônica no Instituto Tecnológico de Aeronáutica – ITA, Doutorado em Engenharia Aeronáutica e Mecânica na Área em Sistemas Aeroespaciais e Mecatrônica no Instituto Tecnológico de Aeronáutica – ITA.

Tem experiência na área de Engenharia da Computação, com ênfase em Hardware, atuando principalmente nos seguintes temas: Influência da Radiação Gama em Circuitos Eletrônicos; Dependabilidade de Sistemas Espaciais – Software/Hardware; Testes de Radiação, Técnicas de Proteção contra Radiação, Tolerância a Falhas. Screening (teste de vibração, testes de choque mecânico, teste de temperatura) de Componentes para Utilização em Aplicações Críticas.

Participa da equipe executora do Projeto PEICE, Avaliação dos Efeitos da Radiação Ionizante em Componentes Eletrônicos e Fotônicos, um projeto de P&D executado pelo IEAv em parceria com o ITA que é financiado pelo Fundo Setorial Aeronáutico através da FINEP.
Participou da equipe do Projeto ITASAT, subsistema Computador de Bordo, financiado pela Agência Espacial Brasileira AEB. O Projeto ITASAT visa o desenvolvimento e a construção de um satélite universitário, através da parceria entre instituições de ensino e o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais – INPE.

Foi pesquisadora Doutora da Universidade Nilton Lins, participando da coordenação do grupo de Pesquisa e Desenvolvimento. Foi coordenadora do Programa de Iniciação Cientifica – PIC nas Escolas Nilton Lins.

Atualmente concluindo o curso de medicina, em Agosto/2015 na Universidade Nilton Lins, conjuntamente desenvolve um pós-doutorado na Área de Física de Plasmas e Física Atômica e Molecular no Instituto Tecnológico de Aeronáutica – ITA visando desenvolver uma metodologia, empregando plasma atmosférico frio, para tratamento do câncer.

Fonte: Da Redação

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505