16/06/2015 14h25 - Atualizado em 17/06/2015 13h11

Chega a 48 número de Cidades em situação de emergência no AM

Número de cidades atingidas corresponde a 77% do número de municípios de todo o Estado.
Em todo o Estado 460 mil pessoas foram afetadas pela cheia. (Foto: Arquivo/ Defesa Civil)
Em todo o Estado 460 mil pessoas foram afetadas pela cheia. (Foto: Arquivo/ Defesa Civil)

As cidades de Careiro, Japurá e Maués, estão oficialmente em situação de emergência por conta da cheia dos rios. Esses municípios tiveram as situações de anormalidade reconhecida nesta terça-feira (16) pela Defesa Civil do Estado, segundo informações das assessorias do órgão. Outras 43 cidades se encontram na mesma situação, e Boca do Acre está em estado de calamidade pública.

O número de cidades em situação de emergência já corresponde a 77% do número de municípios de todo o Estado. As 48 cidades atingidas pela cheia já somam 460 mil pessoas afetadas e que estão recebendo apoio da Defesa Civil. “A Defesa Civil do Estado montou desde fevereiro, uma força tarefa para atender os municípios afetados pela enchente e o trabalho vai continuar até que as cidades voltem à normalidade” , disse o Secretário Adjunto da Defesa Civil do Amazonas, Hermógenes Rabelo, que informou ainda que o nível dos rios já pode começar a descer nos próximos dias.

No total, o Governo do Estado, por meio da Defesa Civil AM, já distribuiu 556 toneladas de alimentos não perecíveis as famílias afetadas pela enchente em todo o Amazonas. Outros produtos como colchões, redes, cobertores, mosquiteiros, produtos de higiene pessoal, medicamentos, hipoclorito de sódio, água potável, filtros de água e mais de 850 kit´s de madeira para a construção de pontes e marombas, também foram disponibilizados a população afetada.

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505