22/06/2015 17h14 - Atualizado em 22/06/2015 17h16

“X-Salada” é preso acusado de matar um vigilante no mês de abril

Segundo a PC, o criminoso e um comparsa executaram Antônio com quatro tiros.
Foto: Divulgação PC
Foto: Divulgação PC

O jovem Emerson Willian Saldanha, 22, conhecido como “X-Salada”, foi preso, na última sexta-feira (19), por policiais civis. O jovem estava sendo investigado por envolvimento em homicídio ocorrido no dia 21 de abril deste ano, no bairro Educandos, zona Sul de Manaus.

De acordo com delegado titular da DEHS, Ivo Martins, Emerson foi preso por volta das 15h, no apartamento onde morava, situado em um conjunto habitacional na zona Norte da capital. Ao perceber a presença dos policiais civis no local, ”X-Salada” teria se escondido debaixo de uma cama, na tentativa de não ser encontrado pela equipe da DEHS.

Emerson e um comparsa dele, Jefferson Renan Santos de Souza, 19, o “Playboy”, teriam alvejado com quatro tiros no peito o vigilante Antônio Crisóstomo da Silva, no momento em que a vítima, que tinha 52 anos quando o crime aconteceu, trabalhava em um depósito de frutas na madrugada do dia 21 de abril, na Rua Inocêncio de Araújo, nas proximidades da Feira da Panair, bairro Educandos, zona Sul.

Antônio ainda chegou a ser socorrido por amigos e levado ao Serviço de Pronto-Atendimento (SPA) na zona Sul, mas durante o percurso não resistiu aos ferimentos e veio a óbito. Ao longo da coletiva de imprensa realizada na manhã desta segunda-feira, 22, na sede da DEHS, o delegado Ivo Martins falou sobre as investigações em torno do caso.
“Identificamos os autores do crime após termos acesso a um vídeo captado por uma câmera de vigilância que havia nas proximidades onde o delito aconteceu. Iniciamos as investigações há três meses e conseguimos efetuar a prisão de Emerson”, explicou Ivo Martins.

O delegado informou que no dia do ocorrido os infratores foram auxiliados por uma terceira pessoa, identificada como Bruno Raphael Carvalho da Costa, 23, o “Tio Chico”. “Ele observou toda a ação da dupla em um carro parado perto do local do crime. Bruno auxiliou na fuga dos dois infratores após executarem a vítima. “Tio Chico” também teve a prisão preventiva decretada e está sendo procurado pela nossa equipe”, enfatizou Martins.

A autoridade policial disse que o mandante do crime teria sido o traficante Tom Santos da Paz, 20, conhecido como “Tom”, que atualmente está preso por envolvimento com o tráfico de drogas na capital. Ele havia contratado os dois infratores para matar o vigilante depois de presumir que a vítima teria delatado as bocas de fumo comandadas por ele na zona Sul de Manaus.
O mandado de prisão preventiva em nome de Emerson Willian foi expedido no dia 21 de maio deste ano pela juíza de Direito Mirza Telma de Oliveira Cunha, da 1ª Vara do Tribunal do Júri. O jovem já havia sido preso por tráfico de drogas no dia 30 de abril de 2015 e estava em liberdade desde o dia 6 de maio. Além disso, ele é investigado por envolvimento em outros crimes, inclusive um homicídio ocorrido em um conjunto habitacional neste ano.

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505