29/06/2015 10h52 - Atualizado em 29/06/2015 10h55

Zeca Camargo critica “comoção nacional” por morte de Cristiano Araújo e provoca polêmica

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Desde a morte do sertanejo Cristiano Araújo, na quarta (25), não foram poucos os artigos que circularam na imprensa sobre o abismo que separa os fãs do cantor daquelas pessoas que nunca haviam ouvido falar nele. Foi assim que, na noite de domingo (28), Zeca Camargo começou uma crônica na Globo News sobre a comoção provocada pelo caso. A maneira como o jornalista desenvolveu o comentário, no entanto, irritou uma multidão – e levou o nome de Zeca à lista dos assuntos mais comentados na internet.

“Como fomos capaz de nos seduzir coletivamente por uma figura desconhecida?“, ele pergunta, entre outras provocações. “O que realmente surpreende neste evento triste da semana foi a comoção nacional. De uma hora para outra, fãs e pessoas que não faziam ideia de quem era Cristiano Araújo partiram para o abraço coletivo, como se todos nós estivéssemos desejando uma catarse assim, um evento maior que nos unisse pela emoção”, afirmou. E comparou a cobertura “insana” do acontecimento com o fenômeno dos livros para colorir.

“O cantor talvez tenha morrido cedo demais para provar que tinha potencial para se tornar uma paixão nacional, como tantos casos recentes. Nossa canção popular é dominada por revelações de uma música só”, afirmou. Para Zeca, portanto, Cristiano não teve tempo para se tornar revelante no cenário nacional e que insinuou que o público deveria adorar os “ídolos de verdade”. “Precisamos, sim, de mais heróis. Mas está todo mundo ocupado pintando jardins secretos”. Confira o vídeo:

Fonte: Veja São Paulo

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505