30/07/2015 12h12 - Atualizado em 30/07/2015 12h12

Cheque especial: Juro atinge 241% ao ano, maior patamar desde 1995

Depois do cartão de crédito rotativo, os juros do cheque especial são os mais caros do mercado.
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Os juros do cheque especial subiram de 232% ao ano em maio para 241,3% ao ano no mês passado, o maior patamar desde dezembro de 1995, quando atingiu 242% ao ano, segundo dados do Banco Central (BC), divulgados nesta quinta-feira. Depois do cartão de crédito rotativo, os juros do cheque especial são os mais caros do mercado e registraram uma alta de 93,2 pontos percentuais nos últimos 18 meses.

No caso do cartão de crédito rotativo, os juros subiram para 372,0% ao ano em junho ante 360,5% de maio, uma elevação de 11,5 pontos porcentuais. No parcelado, ainda dentro de cartão de crédito, o juro aumentou 2,3 pontos de maio para junho, passando de 115,9% ao ano para 118,2% ao ano.

No geral, a taxa média de juros no crédito livre – que excluem financiamento de imóveis e rural – subiu de 42,5% ao ano em maio para 43,5% ao ano em junho. Com essa alta, a taxa volta a ser a maior taxa da série iniciada em março de 2011. Desde o início do ano, em todos os meses a taxa de juros tem sido recorde e batido a do mês anterior.
A alta dos juros bancários acompanha a elevação da taxa básica da economia. Nesta quarta-feira, o BC elevou a Selic de 13,75% para 14,25%. Desde outubro do ano passado, quando a Selic estava em 11%, o BC vem subindo os juros ininterruptamente.

Fonte: Veja.com

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505