27/07/2015 13h06 - Atualizado em 27/07/2015 13h08

Escolas de governo terão fórum permanente de capacitação de servidores

Manaus será representada pela Escola de Serviço Público e Inclusão Socioeducacional.
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

As instituições públicas do Amazonas que possuem escolas de governo para a capacitação de servidores vão unir forças e criar, esta semana, o primeiro Fórum de Desenvolvimento de Pessoas para o Serviço Público. São oito órgãos que passarão a compor, a partir desta terça-feira, 28, uma rede permanente com vistas a promover troca de experiências para aprimorar o funcionalismo com o menor gasto possível de recursos públicos. A Prefeitura de Manaus será representada pela Escola de Serviço Público Municipal e Inclusão Socioeducacional (Espi).

O primeiro encontro acontece às 9h, no Centro de Educação Tecnológica do Amazonas (Cetam), órgão situado à Avenida Pedro Teixeira, 2354, Dom Pedro. Além do Cetam, também estão confirmadas as adesões da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam), Defensoria Pública do Estado, Secretaria de Estado da Administração, Escola de Contas Públicas (ECP) do Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM), Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) e Universidade Federal do Amazonas (Ufam).

As discussões no sentido de criar o fórum permanente já vinham desde o ano passado. Muitas das escolas de governo, como a Espi, já faziam acordos de cooperação bilaterais para promover cursos de capacitação, oficinas e palestras para aperfeiçoar os conhecimentos dos servidores públicos. No entanto, os representantes das instituições envolvidas já debatiam a necessidade de uma rede envolvendo um maior número de órgãos, de diferentes esferas de poder, para manter a troca de experiências para além de acordos pontuais.

“Trata-se de uma iniciativa importante ao institucionalizar as parcerias com todas as escolas de governo. E a Espi, como única escola de governo do Poder Executivo no Amazonas e única a fazer parte dos quadros da Escola Nacional de Administração Pública (Enap), também tem sua cota de participação nessas discussões”, afirma a diretora-geral da Espi, Luiza Bessa Rebelo, que estará presente no encontro desta terça-feira.

Para ela, a constituição do fórum vai melhorar ainda mais as ações de capacitação de servidores. “Acredito que, a partir de agora, teremos ações de capacitação cada vez mais coesas e consistentes. É algo significativo, que vai promover a qualificação da máquina e a valorização do servidor público, ao nos focarmos em aproveitar e potencializar suas competências a serviço do Município”, avalia.

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505