02/07/2015 15h12 - Atualizado em 2/07/2015 15h12

Garçom é preso acusado de matar um homem em 2012

O criminoso foi preso após denúncias anônimas.
Foto: Divulgação PC
Foto: Divulgação PC

Um garçom de 24 anos, identificado como Franklin de Souza Neres, conhecido como “Sonic”, foi preso, na manhã da última terça-feira (30). O rapaz é acusado de envolvimento em um homicídio que ocorreu na madrugada do dia 26 de 2012, no bairro Alvorada 3.

Franklin foi preso em cumprimento a mandado de prisão preventiva, expedido no dia em 11 de junho de 2014, pela juíza de Direito da 2ª Vara do Tribunal do Júri, Rosália Guimarães Sarmento. A prisão aconteceu por volta das 12h, na residência onde ele morava, localizada na Rua Riacho Fundos, Comunidade União da Vitória, bairro Tarumã-Açu, zona Oeste de Manaus.

De acordo com o delegado titular da DEHS, Ivo Martins, a equipe policial chegou até “Sonic” após o recebimento de denúncias anônimas, informando o envolvimento do infrator no delito. No momento da ação um adolescente de 17 anos, que estava com Franklin, foi apreendido. Com eles foi encontrado 1 kg de droga, entre cocaína, oxi e maconha, além de uma balança de precisão.

Conforme a autoridade policial, Franklin teria participado do homicídio de Fabiano Barbosa Quincó, que na época do delito tinha 33 anos. No dia do ocorrido ele e outro comparsa estavam em uma motocicleta e no momento em que avistaram Fabiano caminhando em via pública aproveitaram para cometer o crime. “Franklin desceu da moto e efetuou dois disparos na cabeça da vítima, que veio a óbito ainda no local,” explicou Ivo Martins.

Segundo o delegado, “Sonic” nega participação no crime, mas testemunhas o reconheceram como sendo o autor dos disparos. “Ele afirma que um traficante já morto, identificado na época como ”Moisés”, seria o verdadeiro autor do homicídio. Ele alega que o mesmo o teria obrigado a assumir o crime por conta de uma dívida de R$ 2 mil que ele tinha, originada pelo tráfico de drogas”, relatou Martins.

Durante coletiva de imprensa realizada na manhã desta quinta-feira, 2, na sede da DEHS, o delegado Ivo Martins informou também que Franklin já responde a processos criminais e que desta vez, além do indiciamento por homicídio qualificado, foi autuado em flagrante por tráfico de drogas, associação para o tráfico e corrupção de menores.

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505