23/07/2015 10h45 - Atualizado em 23/07/2015 10h45

Operação Politeia: PF solicitou ao STF buscas na Câmara, mas Rodrigo Janot barrou

Foto: Fellipe Sampaio (STF/Divulgação)
Foto: Fellipe Sampaio (STF/Divulgação)

Antes de deflagrar a Operação Politeia, a Polícia Federal havia solicitado ao Supremo Tribunal Federal (STF) buscas na Câmara dos Deputados, segundo o jornal Folha de S. Paulo. O alvo da PF era o gabinete do líder do PP, Eduardo Fonte (PE), investigado no petrolão. Os mandados da operação foram expedidos pelos ministros Teori Zavascki, Celso de Mello e Ricardo Lewandowski.

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, discordou das buscas na Câmara. Para ele, não havia indícios de que atos ligados ao esquema da Petrobras haviam acontecido no gabinete do deputado. Segundo o jornal, a decisão tomada por Janot foi para mostrar que ele estava no controle das investigações. Além disso, ele reclamou ao STF que a Polícia Federal deveria ter apenas sugerido as diligências, e não as solicitado, uma vez que é o Ministério Público que está à frente das investigações.

A Operação Politeia realizou buscas na casa dos senadores Fernando Collor (PTB-AL), Ciro Nogueira (PP-PI) e Fernando Bezerra Coelho (PSB-PE).

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505