29/07/2015 12h12 - Atualizado em 29/07/2015 12h12

Polícia australiana confirma que corpo achado em uma mala não é da garota Madeleine

DNA encontrado não é compatível com nenhuma das 43 crianças desaparecidas na Austrália.
Foto: Leon Neal/AFP/VEJA
Foto: Leon Neal/AFP/VEJA

O corpo de uma menina encontrado dentro de uma mala na Austrália não é o de Madeleine McCann, confirmou a polícia nesta quarta-feira. Além de descartar a possibilidade de o corpo ser da garota britânica desaparecida em Portugal em 2007, a polícia também informou que o DNA encontrado não é compatível com nenhuma das 43 crianças desaparecidas atualmente na Austrália.

A mala com o corpo decomposto de uma menina de cabelos louros com idade entre dois e quatro anos foi achado em uma remota estrada na cidade de Wynarka, próxima a Adelaide. Madeleine foi “totalmente excluída” como a vítima em potencial, disse o detetive Des Bray.

A garota britânica tinha três anos quando desapareceu do quarto do hotel em Algarve, Portugal, onde a família passava férias. Primeiramente, seus pais foram acusados de terem matado Madeleine e desaparecido com o corpo, mas as acusações foram retiradas por falta de provas. Desde então, eles ainda mantêm uma campanha tentando localizar a garota, que estaria com 11 anos hoje.

Fonte: Exame.com

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505