17/07/2015 16h23 - Atualizado em 20/07/2015 21h59

Promotoria do Careiro investiga irregularidades no Programa de Estratégia de Saúde da Família

A investigação foi aberta após denúncia anônima.
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Com o objetivo de apurar irregularidades na execução das ações da Atenção Básica, especificamente o cumprimento de carga horária e acumulação ilegal de cargos ou empregos públicos por parte dos profissionais que integram as equipes da ‘Estratégia da Saúde da Família’ no município de Careiro Castanho (distante 102 quilômetros de Manaus) nos anos de 2008 e 2010, a Promotoria da cidade instaurou procedimento investigatório no último dia de julho.

A informação está publicada por meio de portaria no Diário Eletrônico do Ministério Público do Estado do Amazonas (MP-AM) do dia 16 de julho.

De acordo com a publicação, a investigação foi aberta após a Promotoria do município ter recebido uma denúncia anônima sobre os acontecimentos no Programa de Saúde. A denúncia foi feita ao MP-AM e enviada à Promotoria do Careiro Castanho.

A publicação destaca ainda, que será realizado um levantamento de todos os profissionais de nível superior cadastrados das equipes da Estratégia de Saúde da Família para se ter detalhes sobre os dados de cada profissional. Além disso, o órgão ministerial solicita que a Promotoria informe a existência do processo investigatório ao Conselho Municipal de Saúde.

Salários
Em janeiro deste ano, profissionais da saúde concursados que atuam na cidade, denunciaram que estavam sem receber seus salários desde o final de 2014 e temiam demissão.

Os profissionais reclamaram também da falta de condições de trabalho e abusos cometidos por parte das autoridades do município, que é comandado por Hamilton Alves Villar (PMDB), prefeito da cidade.

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505