20/08/2015 15h47 - Atualizado em 20/08/2015 15h47

Contenção de despesas facilitará atendimento dos compromissos financeiros, aponta Josué Neto

Segundo o parlamentar, será possível economizar pelo menos R$ 9 milhões
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas, deputado Josué Neto (PSD), reforçou nesta quinta-feira (20) o posicionamento da Casa sobre a adoção de medidas de contenção de gastos, explicando que com os novos procedimentos será possível honrar os compromissos financeiros e economizar pelo menos R$ 9 milhões.

Durante quatro meses os técnicos da Assembleia fizeram um estudo para avaliar medidas de contenção de gastos para que a economia pudesse ser feita. “A prioridade da Casa é oferecer meios para que os deputados exerçam seu mandato, valorizando os funcionários”, apontou o presidente.

Josué Neto explicou que desde o início do ano quando os deputados foram informados das quedas iniciais da arrecadação do Estado, a Casa começou um estudo de corte de gastos, e o resultado está no Ato da Mesa Diretora, com as medidas administrativas de redução de custo, que foi publicado na quarta-feira (19) no Diário Oficial Eletrônico da Aleam.

Segundo Josué, o Ato da Mesa Diretora está baseado em estudos técnicos da Procuradoria, da Diretoria-geral, do Controle externo da Casa, e da Diretoria de Orçamento. Os cortes foram feitos para que não houvesse redução de salários ou cortes de pessoal.

A redução de gastos envolve, entre outras coisas, a suspensão de serviços de Buffet, passagens aéreas e diárias, e fretamento de aeronaves. Este último representa uma das maiores despesas do parlamento, segundo Josué, já que na maioria dos municípios do Amazonas só é possível chegar de avião e barco.

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505