01/08/2015 09h56 - Atualizado em 1/08/2015 09h56

Guerra contra EI fez 1.332 vítimas no mês de julho

A informação foi divulgada neste sábado pela ONU
Foto: AFP
Foto: AFP

A Organização das Nações Unidas (ONU) informou neste sábado que pelo menos 1.332 iraquianos foram mortos em atos de violência em julho, em meio à guerra contra o grupo Estado Islâmico.

Segundo os dados da ONU, foram vítimas 844 civis e 488 membros das forças de segurança do Iraque e milícias pró-governo. O número de feridos no mês passado foi de 2.108 pessoas.

Os números ficaram pouco abaixo dos registrados em junho, quando 1.466 iraquianos morreram e 1.687 ficaram feridos. As estatísticas não incluem cerca de um terço do território do país, que atualmente é ocupado pelo Estado Islâmico em seu califado autodeclarado.

A ONU também afirma que não foi possível verificar informações de mais vítimas fatais que deixaram seus lares e sofreram efeitos secundários da violência, como falta d’água, alimentos, medicamentos e atendimento médico.

Neste sábado, dois atentados ocorreram em Bagdá, capital do país. Uma explosão em um mercado de rua no bairro de Rashidiyah deixou três mortos e feriu 11 pessoas. Já no subúrbio ao sul da cidade, outra bomba matou três pessoas e deixou nove feridos, segundo a polícia. Fonte: Associated Press.

Fonte: Exame.com

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505