10/08/2015 15h21 - Atualizado em 10/08/2015 15h21

Manaus recebe robô que elimina definitivamente a calvície

O equipamento é a última palavra em tecnologia para o tratamento de forma indolor e minimamente invasiva.
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Dados da Sociedade Brasileira para Estudo do Cabelo (SBEC) mostram o tamanho do problema da calvície no Brasil; são 42 milhões de homens com o problema. A estimativa é a de que a calvície atinja 10% deles entre os 20 e os 30 anos e que, de cada dez homens com menos de 70 anos, oito apresentem predisposição como fator hereditário.
A OMS (Organização Mundial de Saúde) fecha a conta: metade da população masculina do planeta terá algum grau da disfunção até os 50 anos. A culpa é da testosterona, hormônio sexual masculino, a maior responsável pela queda do cabelo. As mulheres também a produzem, mas em quantidade muito menor.

A calvície é um processo de afinamento e queda de cabelo causado por genes e hormônios. Atinge quase 50% dos homens e apenas 5% das mulheres.

Preocupada com isso, a médica dermatologista Montaha Jasserand, que há 10 anos atua em Manaus trazendo tecnologia de ponta a favor da saúde e da melhora da autoestima, acaba de anunciar que inicia o tratamento de implante de cabelo por meio de um robô, o Artas. O equipamento é a última palavra em tecnologia para o tratamento com a calvície de forma indolor e minimamente invasiva.

“O resultado é tão impressionante quanto o processo, que evita internação e cortes”, explica a médica. O tratamento, que será exclusivo na Clínica Dra. Montaha para toda a região Norte, terá espaço especialmente montado para atender os pacientes. E contará com uma equipe que terá um cirurgião plástico Dr. Israel de Oliveira e mais um medico dermatologista, além da própria Montaha. Todos devidamente treinados e especializados em tratamento capilar.
“Não estamos apenas trazendo um equipamento. Estamos nos qualificando ainda mais para implantar o centro de tratamento capilar do Norte do Brasil”, explica Montaha.

De acordo com os especialistas que desenvolveram o robô, esse tipo de transplante capilar é um dos procedimentos médicos mais modernos da robótica atual, se equiparando a medicina robótica utilizada na neurocirurgia, ginecologia e cirurgia do aparelho digestivo.

Durante o procedimento, os enxertos foliculares que serão utilizados pelo robô são colhidos do próprio paciente, da lateral e área posterior do couro cabeludo.

O mapeamento computadorizado da densidade e do tipo de unidade folicular permite uma remoção seletiva e controlada da distância dos folículos entre si, evitando falhas de densidade em áreas localizadas. A profundidade da perfuração também é controlada pelo sistema Artas, evitando danos.

O transplante realizado com o Artas é feito sob anestesia local e sedação e raramente sente-se dor após o procedimento e o tempo do processo depende da quantidade de cabelos a serem implantadas, mas varia de seis a nove horas consecutivas.

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505