18/08/2015 15h16 - Atualizado em 18/08/2015 15h16

No Uruguai, inundações deixam mais de 5 mil deslocados

O Instituto Uruguaio de Meteorologia emitiu para hoje um alerta amarelo devido à previsão de chuvas
Foto: AFP
Foto: AFP

As inundações que afetam o Uruguai mantêm 5.132 pessoas deslocadas de suas casas, 4.719 delas no departamento de Durazno (centro), onde o nível do rio Yí começou a descer, conforme informou nesta terça-feira o Sistema Nacional de Emergências (Sinae).

O Instituto Uruguaio de Meteorologia (Inumet) emitiu para hoje um alerta amarelo devido à previsão de chuvas abundantes e com risco meteorológico para sete departamentos do norte e do leste do país, enquanto os outros 12 departamentos não correm risco.

Onze estradas estão interditadas em todo o país.

Das 5.132 pessoas deslocadas, 474 foram retiradas pelos serviços de emergência e 4.658 não precisaram de ajuda oficial. Do total, 4.719 pertencem a Durazno, 381 a Treinta y Tres (leste), 22 a Tacuarembó (norte) e 10 a Soriano (oeste).

Enquanto isso, em Artigas (norte) e Paysandu (noroeste) os Comitês Departamentais de Emergências vigiam o aumento do volume do rio Cuareim e o rio Uruguay.

Segundo o Sinae, a situação está controlada em todas as zonas afetadas e se trabalha para garantir a alimentação, a saúde e a segurança das pessoas deslocadas.

As autoridades solicitaram nesta terça-feira um estudo de campo de forma imediata em Durazno para avaliar os danos, perspectivas e riscos associados às chuvas e inundações das últimas semanas.

O trecho do rio Yí na região, que ontem estava em 11,43 metros, agora está em 11,10 metros, mas segue acima da margem de segurança, estipulada em 8,60 metros.

Os deslocados em Durazno estão hospedados em três albergues temporários: um acampamento instalado no Estádio Municipal, as instalações da Sociedade Rural e uma fábrica da capital departamental.

Fonte: Exame.com

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505