11/08/2015 08h09 - Atualizado em 5/05/2016 03h44

Órgãos de Segurança assinam termo para capacitação de policiais no interior do Amazonas

Projeto oferecerá cursos para servidores dos 61 municípios do AM
IMG_9357

Representantes de órgãos do Sistema de Segurança Pública do Amazonas (Polícia Civil, Polícia Militar e Corpo de Bombeiros) assinaram, nesta segunda-feira (10), o Termo de Abertura do Projeto de Capacitação Presencial com Mediação Tecnológica, que irá ministrar cursos para servidores que atuam nos 61 municípios do interior do Estado.

A meta é levar cursos para cerca de 30% do efetivo. Para isso, a SSP-AM, conforme explicou o secretário Sérgio Fontes, utilizará a ferramenta de educação à distância, com aulas ministradas em formato de teleconferência, por meio do Centro de Mídias de Educação do Amazonas, da Secretaria de Estado de Educação (Seduc), localizado no Japiim, zona centro-sul. “A estrutura dos estúdios de TV e das transmissões via satélite serão utilizadas para que os professores e especialistas ministrem os cursos”, disse.

Os temas que serão abordados no curso são: Polícia cidadã- Ética e Cidadania, Problemas e desafios da atividade policial e policiamento comunitário, Vulnerabilidade da Criança e Adolescente, com foco na legislação especial (ECA) e rede de proteção, Violência contra a pessoa idosa (legislação especial – estatuto do idoso), Violência doméstica e familiar contra a mulher (legislação especial – Lei Maria da Penha) e Segurança do transporte motociclístico (legislação especial de trânsito, abordagem e prevenção de acidentes).

O termo foi assinado pelo secretário de Segurança Pública, Sérgio Fontes, o delegado-geral da Polícia Civil do Amazonas, Orlando Amaral, o comandante-geral da Polícia Militar do Amazonas, coronel Gilberto Gouvêa, e comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas, coronel Fernando Sérgio Luz. O projeto foi desenvolvido e será coordenado pelo Instituto Integrado de Ensino de Segurança Pública (Iesp).

Cada cidade terá uma escola sede, onde os alunos policiais e bombeiros estarão reunidos para receberem o conteúdo que será ministrado por um professor em Manaus, através de teleconferência. “Decidimos dividir turmas e desenvolvermos o curso, que possui duração de dois meses, para pequenos grupos. A decisão foi tomada para não prejudicar a capacidade operacional dos municípios, já que a carga horária exige a participação dos policiais em vários dias da semana”, explicou Sérgio Fontes.

O curso de capacitação será desenvolvido de 31 de agosto a 30 de outubro, com carga horária de 26 horas, e terá o nível básico introdutório dos Procedimentos Operacionais Padrão (POP). “Nosso objetivo principal é melhorar a qualidade dos serviços dos policiais e bombeiros, no sentido de buscar a excelência no desempenho de suas funções, alcançando os resultados esperados”, disse.

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505