14/08/2015 16h19 - Atualizado em 14/08/2015 16h19

Polícia Federal apura superfaturamento na construção da Arena Pernambuco

A Operação Fair Play cumpre mandados de busca em prédios da empreiteira em Recife
Foto: Celso de Campos Jr./VEJA
Foto: Celso de Campos Jr./VEJA

A Polícia Federal deflagrou nesta sexta-feira uma operação para apurar superfaturamento na construção da Arena Pernambuco – um dos quatro estádios da Copa do Mundo construídos pela Odebrecht. A Operação Fair Play cumpre mandados de busca em prédios da empreiteira em Recife, Salvador, São Paulo, Rio, Belo Horizonte e Brasília.

O estádio, localizado a 20 quilômetros de Recife custou 743 milhões de reais, 55% mais do que o previsto, e tem capacidade para 46.000 pessoas. Assim como o Itaquerão, em São Paulo, ele foi construído inteiramente pela Odebrecht. A empreiteira ainda integrou as obras do Maracanã e da Arena Fonte Nova, em Salvador.
A Polícia Federal estima um superfaturamento de 42,8 milhões de reais – 70 milhões de reais em valores atualizados.
A expressão Fair Play está relacionada à ética no meio esportivo e é adotada para quem “joga limpo”.

Fonte: Veja.com

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505