15/08/2015 11h51 - Atualizado em 15/08/2015 12h00

Senador acelera parecer para Janot permanecer no cargo

O mandato de Janot se encerra em 17 de setembro.
Foto: Agência Brasil
Foto: Agência Brasil

Um dia depois de ser designado relator da recondução ao cargo do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, o senador Ricardo Ferraço (PMDB-ES) decidiu acelerar o processo de escolha e já deixou o parecer pronto para apresentar na próxima reunião da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado, na quarta-feira. A ideia do relator é de que a sabatina seja realizada no dia 26. O mandato de Janot se encerra em 17 de setembro.

Ferraço já declarou nas redes sociais ser favorável à recondução do atual procurador-geral, responsável pelas investigações de autoridades com foro privilegiado no âmbito da Operação Lava Jato. No parecer, o senador não cita a apuração do esquema de corrupção na Petrobrás e sustenta o documento em dados da biografia e do currículo de Janot. O parlamentar nem sequer afirma se o procurador-geral está “apto” para assumir um novo mandato, o que costuma ser feito nesse tipo de relatório.

Ferraço afirmou que não cabia manifestar esse tipo de opinião no documento, já que essa é uma decisão pessoal de cada senador. “No parecer, eu digo apenas que o candidato respondeu a todas as premissas constitucionais exigidas para o exercício da atividade”, explicou. O peemedebista sustenta, no entanto, que o procurador-geral “tem dado extraordinária contribuição ao fortalecimento das instituições e às investigações”.

Fonte: Exame.com

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505