02/09/2015 09h48 - Atualizado em 3/09/2015 13h18

Audiência Pública discute educação básica no município de Guajará

A audiência foi realizada pelo MPF por meio do projeto ‘MPF pela Educação’.
Foto: MPF/Reprodução
Foto: MPF/Reprodução

Com o objetivo de discutir a qualidade da Educação Básica do município de Guajará (a 1.494 quilômetros de Manaus), o Ministério Público Federal (MPF) realizou na noite da terça-feira (1), uma audiência pública na cidade.

A audiência faz parte de um projeto do órgão, chamado ‘MPF pela Educação’, que tem a finalidade de informar à população seus direitos de acesso à educação de qualidade, servindo como uma prestação de serviços a diversos municípios do Amazonas.

O encontro aconteceu às 19h, na quadra da Escola Estadual José Carlos Martins de Medeiros Raposo, avenina Juvenal de Paula Castro, s/n, no centro do município.

Baixa qualidade
Guajará, segundo matéria veiculada pelo órgão, foi escolhida para participar do projeto por apresentar baixa pontuação no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), calculado pelo Ministério da Educação (MEC).

No ano de 2013, o município atingiu 3,7 pontos no Ideb, sendo que o idel é de, no mínimo 6, em um aescala de 0 a 10.

O índice é calculado com base no fluxo escolar (aprovação, reprovação e abandono) e na média de desempenho das avaliações de Língua Portuguesa e Matemática obtidas na Prova Brasil (municípios) e no Sistema de Avaliação da Educação Básica (estados).

Equipes do MPF pela Educação vem realizando visitas a escolas dos municípios do interior para verificar aspectos gerais das unidades de ensino, que vão desde a estrutura física até diretrizes pedagógicas.

Todos os dados coletados são compilados e apresentados para os moradores dos municípios, principalmente a alunos, pais e professores, além de representantes das escolas e secretarias de Educação. Após a realização da audiência, é possível adotar providências para resolver os problemas detectados.

No Estado, o projeto também está sendo realizado em Rio Preto da Eva (distante 57 quilômetros de Manaus).

Fonte: Redação AM POST

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505