03/09/2015 17h44 - Atualizado em 3/09/2015 17h44

Cirurgiões dentistas serão treinados para atender à pessoa com deficiência

Os cursos de qualificação iniciam na terça-feira, 8 de setembro.
Foto: Semcom
Foto: Semcom

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) e a Universidade do Estado Amazonas (UEA) irão iniciar na próxima terça-feira, 08, um curso de capacitação em Atendimento Odontológico à Pessoa com Deficiência. O objetivo é qualificar o atendimento na rede municipal de Saúde Bucal. As aulas terão início no Centro de Especialidades Odontológicas (CEO) da UEA, na rua 4, nº 5, conjunto Celetramazon, bairro Adrianópolis, a partir das 14h.

De acordo com o secretário municipal de Saúde, Homero de Miranda Leão Neto, a capacitação é resultado de um termo de cooperação técnica assinado entre a Semsa e a UEA. A parceria já permitiu a promoção, este ano, de um treinamento em Odontologia Hospitalar para 21 servidores da rede de Saúde Bucal.

O objetivo desse novo curso é melhorar a preparação dos cirurgiões-dentistas da Semsa para atender as pessoas com deficiências, encaminhando os casos mais complexos aos CEOs. No evento serão abordadas questões, como conceitos da Política Nacional de Saúde Bucal, deficiências e síndromes de interesse odontológico, prontuários odontológicos, abordagem psicológica à pessoa com deficiência, protocolos e diretrizes clínicas de atendimento da pessoa com deficiência, assim como o diagnóstico, planejamento e execução de um tratamento clínico da pessoa com deficiência, dentro da Atenção Básica.

O público alvo da capacitação são cirurgiões-dentistas que atuam na Clínica Geral em Odontologia, prestando atendimento nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs), nas Policlínicas e na Estratégia Saúde da Família. O curso terá a duração de quatro meses e será realizado no período de 08 de setembro a 19 de dezembro, distribuídas em atividades teóricas e práticas.

Os pacientes com deficiência podem ser atendidos em qualquer UBS e, quando necessário, são encaminhados para os CEOs, localizados nas zonas Norte, Sul, Leste e Oeste, ou para Policlínicas. Os pacientes que necessitam de anestesia geral podem se encaminhados aos Hospitais de Referência Dr. Fajardo e Fundação Hospital Adriano Jorge. De janeiro a julho deste ano, os CEOs da rede municipal realizaram um total de 5.935 procedimentos.

Segundo a técnica da Gerência de Saúde Bucal da Semsa, Rebecca Rosas, a realização do curso representa um ganho para o atendimento desse público, na Atenção Básica. “Atualmente, quando há mais dificuldade em lidar com esses pacientes, eles são transferidos para os CEOs do município. À medida que qualificamos este atendimento, conseguimos atender de forma mais humana e eficaz também esta população, que exige um tratamento diferenciado”, esclareceu Rosas.

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505