10/09/2015 12h36 - Atualizado em 10/09/2015 12h37

Deputado Luiz Castro critica fusão do Ipaam com a Sema

A medida faz parte do pacote da reforma administrativa anunciada pelo governador José Melo.
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Em Comunicado de Liderança, durante a Sessão Ordinária desta quinta-feira (10), o deputado estadual Luiz Castro (PPS) disse estar preocupado com o anúncio feito pelo Governo do Estado, da fusão do Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam) com a Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema), na próxima reforma administrativa das secretarias estaduais.

Na opinião do parlamentar, a fusão é inadequada e representa um retrocesso que terá uma repercussão negativa no País e até internacionalmente. “Essa possibilidade na reforma administrativa tem que ser evitada, porque ela representaria uma mudança muito equivocada na condução da política de conservação de recursos naturais do Estado mais emblemático do Brasil, da região mais emblemática do mundo”, afirmou.

Na análise do deputado, a junção da secretaria ao instituto de proteção do meio ambiente não representa uma economia substancial. Além disso, segundo ele, unir o órgão responsável pelo licenciamento e fiscalização com o órgão responsável pelo planejamento e gestão macro da área ambiental é promover “uma salada administrativa de extremo potencial de indigestão, do ponto de vista da condução das políticas de sustentabilidade”, em função da autonomia que o Ipaam precisaria ter para exercer suas funções.

“O Amazonas estará dizendo para o mundo que não liga a mínima para o meio ambiente, não liga o mínimo para uma política de gestão ambiental, nem para os acordos internacionais dos quais o Brasil é subscritor. O Amazonas vai perder recursos financeiros de órgãos internacionais que, de certa forma, se não compensam, pelo menos minimizam o fato de que o erário público estadual pouco investe na área ambiental”, alertou.

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505