15/09/2015 13h37 - Atualizado em 15/09/2015 13h39

Deputado volta a denunciar “condições precárias de trabalho” na Mineração Taboca

Dermilson Chagas alerta para possíveis danos ambientais e risco de vida dos trabalhadores.
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O deputado estadual Dermilson Chagas (PDT) voltou a denunciar no plenário Ruy Araújo, da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), as péssimas condições de trabalho da Mineração Taboca, que explora a Mina do Pitinga, em Presidente Figueiredo (a 117 quilômetros de Manaus).

Desta vez o parlamentar mostrou imagens da represa da mineradora que está com a estrutura comprometida. “Se houver um rompimento na represa da mineradora vai causar danos ao meio ambiente e comprometer a vida das mais de 2 mil pessoas que trabalham na mina”, disse.

Outro fator relevante, conforme Dermilson Chagas, é que sendo a mineradora geradora de sua própria energia, se houver um rompimento em sua estrutura vai prejudicar os trabalhadores e suas respectivas famílias que moram na Vila do Pitinga, inclusive com falta de energia.

Uma visita in loco à Mina do Pitinga está sendo proposta pelo deputado aos integrantes das comissões permanentes da Assembleia Legislativa, do Trabalho e Assistência, a qual preside, e do Meio Ambiente. “Precisamos verificar esta situação para evitar que mais acidentes aconteçam, a exemplo do que ocorreu na semana passada”, mencionou.

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505