19/09/2015 15h27 - Atualizado em 19/09/2015 15h27

Hidroginástica contribui para melhorar a qualidade de vida na terceira idade

Os exercícios realizados nas aulas proporcionam melhora na postura e na respiração.
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A Prefeitura de Manaus tem recuperado a qualidade de vida da terceira idade por meio de aulas de hidroginásticas, oferecidas gratuitamente pela Fundação Doutor Thomas e tem mudado a vida de muitos idosos frequentadores do Parque Municipal do Idoso (PMI).

Reunindo pessoas entre 55 e 90 anos de idade, a atividade ocorre nas dependências no PMI, na rua Rio Mar, bairro Nossa Senhora das Graças, zona Centro-Sul.

Com um total de oito turmas, as aulas ocorrem pela manhã, entre 08h e 11h, e à tarde, de 13h e 16h. Cada turma tem duas aulas por semana e um encontro geral às sextas-feiras, onde acontece o tradicional “aulão de hidroginástica”.

Os exercícios realizados nas aulas de hidroginásticas proporcionam melhora na postura, na respiração, no condicionamento cardiovascular, diminui o percentual de gordura corporal, fortalece a massa muscular e melhora a flexibilidade das articulações. A diminuição da força muscular e flexibilidade articular alteram a coordenação motora e o equilíbrio, onde as aulas irão auxiliar.

Mariza Torrado, 68, frequentadora do parque há oito anos, disse que além dos benefícios para a saúde, as aulas colaboram no ciclo social, já que ela conheceu várias pessoas com as quais fez amizade. “Os benefícios físicos são excelentes, porque ficar em casa sem fazer nada, além de dar mais preguiça, nos deixa sedentários e com dores no corpo. Eu tenho problema de artrose e as aulas melhoram muito, tudo o que você tem de dor melhora com a atividade física, a gente não pode parar nunca, pois é essencial para a nossa saúde”, disse.

Ao longo do tempo, o corpo passa por várias transformações como declínio de massa muscular, óssea e diminuição da capacidade aeróbica. E a hidroginástica, por ser uma atividade de baixo impacto, permite que os idosos façam os exercícios com mais eficácia, sem muito esforço físico e sem riscos de quedas. Por ser feita em piscinas com água aquecida colaboram na melhora da artrite e artrose, além de aliviar as dores e prevenir a osteoporose.

“Fazer aula de hidroginástica colabora muito para a diminuição de dores articulares, muitos idosos relatam que param de sentir. Além disso, melhora todo o condicionamento cardiopulmonar do idoso e há também as propriedades físicas na água, como a pressão hidrostática, que é uma leve pressão sob o corpo e os vasos, e auxilia o retorno venoso, beneficiando pessoas com varizes”, explicou a professora de educação Física do PMI, Aliane Castro.

Por ser uma atividade feita em grupo, e com muita música, as aulas acabam auxiliando no lado social, já que os idosos interagem e conversam entre si. A harmonia da água e as brincadeiras trazem grande melhora na autoestima. “Com a idade, muitas pessoas tornam-se incapazes de se exercitar de maneira tradicional, devido às alterações no corpo. Quando isso ocorre, a hidroginástica passa a ser o ideal, já que ela é uma das únicas atividades indicadas para quem tem pouco ou nenhum condicionamento físico. Essa é uma forma do poder público municipal prevenir e manter a saúde física e social dos idosos”, enfatiza a diretora-presidente da Fundação Doutor Thomas, Martha Cruz.

Para se inscrever, os interessados devem procurar o setor de Admissão do Parque Municipal do Idoso, de posse de documentos como RG, comprovante de residência, duas fotos 3×4, e a declaração do médico autorizando o idoso a praticar atividades físicas, no horário de 8h às 17h, de segunda a sexta-feira.

A partir dos 60 anos, o idoso pode fazer a inscrição para os dois turnos, matutino e vespertino. Na faixa etária de 50 até 59, as inscrições são limitadas ao turno vespertino.

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505