28/09/2015 10h35 - Atualizado em 29/09/2015 11h55

Ministério Público cobra medidas mitigadoras de trânsito junto a empreendimentos

UAI Shopping, Fametro e DB devem se adequar as medidas até 16 de outubro.
Foto: MP-AM
Foto: MP-AM

O Ministério Público do Estado do Amazonas (MP-AM), por intermédio da 63ª Promotoria de Justiça Especializada na Proteção e Defesa da Ordem Urbanística (PROURB), vem cobrando o cumprimento de medidas mitigadoras de trânsito junto aos proprietários de empreendimentos comerciais de Manaus. Em audiência realizada na semana passada, o Promotor de Justiça Paulo Stélio Sabbá Guimarães conversou com representantes da Faculdade Metropolitana de Manaus (Fametro), do Uai Shopping e dos Supermercados DB, estabelecendo prazo até 16 de outubro para solução dos problemas.

Durante a audiência, Paulo Stélio disse que são muitas as demandas de impacto urbanístico decorrentes da instalação e funcionamento de instituições de ensino, supermercados e shoppings. O promotor propôs que fossem adotadas as mesmas medidas realizadas junto ao Shopping Ponta Negra, na Zona Oeste, com a construção de uma passarela e de uma baia de ônibus, além da instalação de gradis no canteiro central da Avenida Coronel Teixeira (Antiga Estrada da Ponta Negra). A passarela do Shopping já está em fase de acabamento e finalização para entrega e uso da população.

Compromissos
Os representantes da Fametro acataram a proposta e devem firmar o Ajustamento de Conduta ainda este mês, conforme o Promotor. Os representantes do Uai Shopping São José, localizado na Avenida Cosme Ferreira, Zona Leste, querem dividir os custos das obras com o governo do Estado, visto que a maternidade Ana Braga, localizada em frente ao shopping, também contribui para o aumento do trânsito naquela área. E os representantes do DB se comprometeram em construir o gradil e a passarela no mesmo período de construção do supermercado localizado à Avenida Torquato Tapajós, na Zona Norte de Manaus. O representante do Manaustrans se comprometeu em acompanhar a execução da construção da passarela e encaminhar ao MP-AM um relatório fotográfico das obras.

Fonte: MP-AM

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505