29/09/2015 13h39 - Atualizado em 29/09/2015 13h39

Por suspeita de irregularidade, Receita Federal apreende Porsche de Neymar

O carro teria sido comprado em uma transação ilegal.
Foto: Reprodução (Reuters)
Foto: Reprodução (Reuters)

O atacante Neymar segue com problemas na Justiça. Quatro dias depois de o craque ter 188,8 milhões de reais bloqueados, o jornal Folha de S.Paulo revelou nesta terça-feira que o jogador do Barcelona e da seleção brasileira teve um Porsche Panamera apreendido pela Receita Federal, em julho do ano passado, por possíveis irregularidades em sua compra. O veículo, de cor amarela, foi comprado pela empresa do pai de Neymar, em 2011, por 349.000 reais.

Neymar recebeu o Porsche depois de ganhar uma aposta: cumpriu a promessa de ser campeão e artilheiro do Sul-Americano sub-20 de 2011 e ganhou o carrão do pai. O veículo era originalmente branco, mas foi pintado de amarelo a pedido de Neymar. Segundo a investigação da Receita, o carro foi adquirido pela Neymar Sport e Marketing, empresa que cuida dos direitos de imagem do jogador, em uma transação irregular envolvendo outras duas empresas, a Select Import e a Firts S/A.

A Select teria recebido 60.000 reais, em abril de 2011, para intermediar a importação do carro e, com isso, burlar leis fiscais, em prática conhecida como “importação por encomenda não declarada”. Dois meses depois, o carro chegou ao Brasil e a Neymar Sport assinou o contrato de compra diretamente com a First/SA.

A empresa do jogador se defendeu, alegando que adquiriu a mercadoria da empresa First, por intermédio da Select Import, de forma legal. Ao jornal, a Neymar Sport afirmou que apenas a First está na mira da Receita e considerou a possibilidade de não recuperar o Porsche como “remota”. Segundo a empresa do atleta, se isso ocorrer, a First devolverá o valor pago ou entregará outro veículo semelhante.

Fonte: Veja.com

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505