28/09/2015 10h06 - Atualizado em 28/09/2015 10h06

Radical, PSOL perde único senador e prefeito de capital

Randolfe e Clécio foram alvo de pedidos de expulsão do partido.
Celso Junior/Estadão Conteúdo/VEJA
Celso Junior/Estadão Conteúdo/VEJA

O senador Randolfe Rodrigues e o prefeito de Macapá, Clécio Luís, se desfiliaram do PSOL. Adversários políticos do ex-senador José Sarney (PMDB), Randolfe e Clécio foram alvo de pedidos de expulsão do partido por articularem apoios informais e alianças com partidos de centro e até com nomes do DEM nas eleições de 2012 e 2014.

Com a saída da dupla, o PSOL perde seu único representante no Senado. Ranfolfe chegou a tentar a candidatura presidencial no ano passado, mas desistiu por falta de apoio interno.

O partido também não chegou nem sequer a completar um primeiro mandato à frente de uma capital, o que seria a mais expressiva experiência do PSOL no Poder Executivo. O ex-petista Clécio Luís disse neste domingo que os problemas da prefeitura “exigem relações políticas mais amplas e capacidade de fazer alianças maiores”.

Ele não anunciou para qual partido irá. Randolfe deve anunciar nesta segunda-feira o ingresso na Rede Sustentabilidade, de Marina Silva, mesmo caminho feito pela vereadora de Maceió Heloísa Helena e pelo vereador no Rio Jefferson Moura, ambos desfiliados do PSOL.

Fonte: Veja.com

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505