23/09/2015 14h49 - Atualizado em 23/09/2015 14h50

Terceiro envolvido em duplo homicídio ocorrido em maio é preso em Itacoatiara

O criminoso é suspeito de matar Antônia Gracieide Cardoso da Silva e Fagner de Souza Oliveira.
Foto: Divulgação PC
Foto: Divulgação PC

O delegado Ivo Martins, titular da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), falou, durante coletiva de imprensa realizada na manhã desta quarta-feira, dia 23, sobre a prisão do operador de máquinas Diego de Oliveira Rodrigues, 29. Ele é investigado por envolvimento nos homicídios de Antônia Gracieide Cardoso da Silva, 22, e do companheiro dela, Fagner de Souza Oliveira, 29, ocorridos em maio deste ano. Além de Diego, dois envolvidos foram localizados pela polícia na semana passada. Outros dois homens estão sendo procurados.

De acordo com o delegado, Diego foi preso por policiais militares por volta de 17h do último dia 19, em via pública, em Itacoatiara, município distante 176 quilômetros em linha reta da capital.

“Nós já tínhamos pistas de que ele se encontrava em Itacoatiara e entramos em contato com os policiais civis da Delegacia Interativa de Polícia (DIP) do município para informar que ele estava sendo procurado. As informações foram compartilhadas com a Polícia Militar e Diego foi abordado por uma guarnição no momento em que caminhava em via pública. Os policiais militares conduziram o infrator à delegacia, onde foi confirmado que havia um mandado de prisão preventiva em aberto em nome dele. Os policiais civis da referida unidade policial entraram em contato com equipe da DEHS, que se dirigiu até o local e trouxe Diego a Manaus”, explicou Martins.

Ainda segundo a autoridade policial, embora Diego tenha negado, em depoimento, a participação no crime, não resta dúvida para a polícia de que ele esteja envolvido nos delitos.

Dois outros envolvidos no duplo homicídio estão sendo procurados pela polícia. Um deles foi identificado como Anderson Barata da Silva, 23, conhecido como “Loirinho” e o outro apenas pelo apelido de “Solon” até o momento.

Diego foi preso em cumprimento a mandado de prisão, expedido pelo juiz do Plantão Criminal, João Marcelo Nogueira Moyses. Ele será indiciado pelo crime de homicídio qualificado e, ao final dos procedimentos cabíveis na sede DEHS, será encaminhado à Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, onde permanecerá à disposição da Justiça.

No último dia 10, a polícia prendeu José Raimundo de Souza Moreira e apreendeu o irmão dele, um adolescente de 17 anos, por envolvimento nos homicídios. Eles foram abordados por policiais militares no bairro Novo Aleixo, zona Norte.

O adolescente foi ouvido pela equipe da DEHS e, em seguida, conduzido à Delegacia Especializada em Apuração de Atos Infracionais (Deaai). José Raimundo foi indiciado por homicídio qualificado e encaminhado ao Centro de Detenção Provisória (CDP), situado no quilômetro 8, da rodovia BR-174, onde foi encontrado morto, dias depois.

De acordo com Ivo Martins, os homicídios de Antônia e Fagner ocorreram no dia 8 de maio deste ano, por volta de 21h, em uma residência localizada na comunidade Novo Amanhecer, no Ramal do Pau Rosa, situada no quilômetro 21 da rodovia BR-174.

O delegado relatou que Diego, José Raimundo, Anderson e “Solon”, juntamente com o adolescente, ingeriam bebida alcoólica quando decidiram se dirigir à casa de Fagner, que estava na companhia de Antônia, para cometer os delitos.

Fagner foi atingido por pelo menos 20 facadas, desferidas pelos cinco envolvidos que, em seguida, estupraram Antônia e a afogaram em um lago próximo à residência do casal.

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505