21/10/2015 15h31 - Atualizado em 21/10/2015 15h31

Cinegrafista que chutou refugiado planeja processá-lo

Ela pretende entrar com uma ação contra o Facebook pelas páginas que a ofenderam.
Foto: MARKO DJURICA / REUTERS
Foto: MARKO DJURICA / REUTERS

A jornalista que chutou imigrantes sírios que fugiam da polícia na fronteira entre a Hungria e da Sérvia voltou atrás em seu pedido de desculpas e disse ao jornal russo “Izvestia” que vai processar o refugiado agredido por ele ter mudado seu depoimento. Petra Lazlo também pretende entrar com uma ação contra o Facebook pelas páginas que a ofenderam e ainda estão no ar.

“Ele mudou seu depoimento, porque ele inicialmente culpou a polícia. Meu marido quer provar minha inocência. Para ele, é uma questão de honra”, disse Petra, que foi demitida do cargo de cinegrafista do canal N1T.

A cinegrafista húngara afirmou que está decidida a se mudar para Rússia com as duas filhas quando seu julgamento terminar, já que não consegue encontrar trabalho. Ela é acusada de vandalismo.

“Estamos considerando a Rússia e estamos pensando em começar a estudar russo. É importante para nós abandonar a Hungria. Decidiremos depois do julgamento”, afirmou a jornalista ao jornal russo. “Posso dizer com toda certeza que minha vida está destruída”.

Apesar da comissão especial criada para cuidar do caso pedir sete anos de punição contra ela, Petra sustenta que a pena por vandalismo na Hungria é de três anos, de acordo com a lei. A jornalista diz que sofreu ameaças de morte e chegaram a oferecer US$ 20 mil pela morte dela.

“Ainda existem grupos no Facebook que pedem minha morte. Escrevemos à administração da companhia e não reagiram”, queixou-se Petra.

A agressão da cinegrafista foi registrada por outros veículos de mídia em setembro no local e as imagens rodaram as redes sociais. Petra chegou a pedir desculpas pela atitude e afirmou que agiu por medo.

Fonte: O Globo

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505