16/10/2015 15h07 - Atualizado em 16/10/2015 15h07

Gigante do e-commerce Alibaba faz oferta para comprar ‘YouTube chinês’

Proposta avalia o Youku Tudou em 5,2 bilhões de dólares.
Foto: Hong Wu e Daniel J. Groshong/Getty Images/VEJA)
Foto: Hong Wu e Daniel J. Groshong/Getty Images/VEJA)

O gigante chinês do comércio eletrônico Alibaba anunciou nesta sexta-feira que apresentou uma oferta ao Youku Tudou – considerado o equivalente ao YouTube no gigante asiático – para comprar a fatia da empresa que ainda não estrá em seu controle. Ao propor 26,6 dólares por ação depositária americana (ADS) do Youku, a oferta chega a 3,6 bilhões de dólares, o que faria o “Youtube chinês” valer 5,2 bilhões de dólares.

O Alibaba, que entrou no capital do Youku no ano passado ao adquirir 18,3% de suas ações, procura ampliar sua divisão de entretenimento semanas após lançar um serviço de televisão em linha similar ao Netflix, Tmall Box Office. Segundo a oferta do Alibaba, o fundador do Youku, Victor Koo, se manteria na direção da firma como executivo-chefe.

O Alibaba, que em 2014 realizou em Wall Street a maior oferta pública na bolsa da história, confia que a aquisição do portal de vídeos seja um pilar de sua estratégia de entretenimento digital, pela qual apostou decididamente nos últimos meses. “A transação proposta, com uma maior integração de nossos recursos, ajudará o Youku a conseguir um grande crescimento nos próximos anos, fazendo uso dos ativos do Alibaba em entretenimento, comércio eletrônico, publicidade e análise de dados”, disse Daniel Zhang, executivo-chefe do Alibaba, no comunicado.

O Youku é o portal líder de seu setor na China, sobretudo desde que em março de 2012 adquiriu seu principal concorrente, Tudou, para formar a empresa que agora o Alibaba tenta de comprar.

Fonte: Veja.com

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505