27/10/2015 11h25 - Atualizado em 27/10/2015 12h52

Mais de 5 mil alunos da rede municipal participam de ‘aulão’ preparatório

A avaliação é conhecida como ‘Prova Brasil e será aplicada em novembro.
Foto: Deilson Lima/Semed
Foto: Deilson Lima/Semed

Alunos do 9º ano de 80 escolas municipais participam de ‘aulões’ durante esta semana em preparação para a Prova Brasil, que será aplicada na primeira quinzena de novembro. Ao todo, 5.700 alunos terão a oportunidade de obter dicas e revisar o conteúdo, até o dia 29 deste mês, com quatro professores disponibilizados pelo Sistema Aprende Brasil, da Editora Positivo, em parceria com a Secretaria Municipal de Educação (Semed).

A Prova Brasil é a avaliação que estabelece meta para o Índice Nacional de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) e é aplicada para alunos do 5º e 9º anos. De acordo com a assessora pedagógica da Semed, Suely Ribeiro, o ‘aulão’ serve para reforçar o aprendizado dos alunos e motivá-los para que se sintam preparados no dia da aplicação da prova. Ribeiro destacou que a ação também é voltada para processos de seleção dos quais alunos do 9° ano participam, como a do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amazonas (Ifam).

“Além de trabalhar questões motivadoras e destacar a importância dos estudos, a aula dá dicas de como se comportar no momento da prova, palavras-chaves para que os alunos possam chegar à resposta correta”, destacou.

Ainda segundo a assessora pedagógica, quatro professores são responsáveis por aplicar o ‘aulão’ em locais que reúnem alunos de várias escolas. As aulas são aplicadas e acontecem dentro das Divisões Distritais Zonais (DDZs) da Semed.

“Já foram as zonas Sul e Oeste, no dia 27 (nesta terça-feira) serão as zonas Norte e Centro-Sul, dia 28 (quarta-feira) é a vez das DDZs Leste 1 e Leste 2 e dia 29 encerra com os alunos das DDZs Rural e outra parte da Leste 2”, informou Suely Ribeiro.

Para a aluna Isabelly Vitória, 14, da Escola Municipal Pintor Leonardo Da Vinci, do Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Professora Naíde Soares de Oliveira, no bairro Nova Esperança, o ‘aulão’ ajuda os alunos e a escola ao mesmo tempo. Ela acredita que experiências como esta a ajudarão a desenvolver provas do Processo Seletivo Contínuo (PSC), da Universidade Federal do Amazonas (Ufam) e do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

“O aulão é uma ajuda preparatória de como estamos indo, se estamos bem para a prova. Nos ajuda e também ajuda a escola a aumentar o índice do Ideb”, relatou.

O ‘aulão’ também foi aprovado pelo aluno Marco Antônio Souza da Costa, 15. “Acho bom porque tira dúvidas sobre a prova e nos dá dicas para tirarmos boas notas. Acho que vou conseguir um bom resultado”, concluiu.

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505