27/11/2015 11h57 - Atualizado em 27/11/2015 11h57

Educadores param um dia de aula para discutir o texto preliminar da BNCC

Mais de 12 mil educadores da Rede Municipal se reunirão na segunda-feira, 30.
Foto: Prefeitura de Manaus
Foto: Prefeitura de Manaus

Os mais de 12 mil educadores de 501 escolas da Secretaria Municipal de Educação (Semed), fazem, na próxima segunda-feira, 30, uma forte mobilização para avaliar e discutir o texto preliminar da Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Nesse dia, as aulas vão ser paralisadas para que os profissionais possam apresentar suas contribuições na construção do documento que servirá de referência norteadora para as ações educacionais em todas as cidades brasileiras.

A mobilização será realizada durante toda o dia, nos três períodos (matutino, vespertino e noturno), envolvendo os educadores do Ensino Infantil e do 1º ao 9º ano do Ensino Fundamental de toda a rede municipal. A proposta curricular busca a padronização de, pelo menos, 60% do currículo da educação básica, além de assegurar que todo estudante brasileiro tenha o direito à aprendizagem de conhecimentos fundamentais, com equidade em todo o sistema educacional, independente da esfera de ensino.

A BNCC será uma ferramenta que vai contribuir e orientar a construção do currículo das mais de 190 mil escolas de Educação Básica do país, espalhadas de Norte a Sul, públicas ou particulares. A proposta é dividida em quatro áreas de conhecimento como linguagem, matemática, ciências humanas e ciências naturais. E em cada uma delas existem eixos de aprendizagem.

As proposições e sugestões podem ser feitas até o dia 15 de dezembro no portal do Ministério da Educação (MEC), por meio do link basenacionalcomum.mec.gov.br, onde o documento preliminar está disponível para consulta pública.
“A expectativa é que até o primeiro semestre de 2016 sejam compiladas as sugestões de todos os estados brasileiros e a partir daí seja criado um padrão educacional no país, com 60% do conteúdo atendendo à proposta nacional e 40% às especificidades de cada região”, informou Roseane Xavier, integrante da Comissão Estadual de Mobilização da Base Nacional do Currículo Comum.

Durante o dia “D”, os educadores serão orientados a como utilizar o site da BNCC e terão oportunidade de conhecer as ferramentas do link, com acesso às sugestões para organizações de reuniões, informações de tutorias para o sistema de contribuições do Portal da Base.

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505