25/11/2015 10h12 - Atualizado em 25/11/2015 11h02

Pais de autistas cobram políticas públicas para o setor

Membros da Associação Superando Limites estiveram na Câmara.
Foto: Tiago Corrêa/CMM
Foto: Tiago Corrêa/CMM

Membros da Associação Superando Limites, integrada por pais de autistas, ocuparam a galeria da Casa Legislativa, na manhã desta terça-feira (24), para apresentar sugestões ao orçamento municipal, em discussão no Poder Legislativo. As propostas foram apresentadas aos vereadores, entre eles, ao presidente da Câmara, vereador Wilker Barreto (PHS).

Entre as propostas, incluem-se a construção de pelo menos dois centros de atendimento integrado de Saúde, Educação e Assistência Social – a Clínica Escola; a criação de mediador escolar no quadro funcional da Secretaria Municipal de Educação (Semed), e a elaboração de emenda parlamentar conjunta com a destinação de, ao menos, R$ 3 mil para ser aplicado na capacitação adequada de profissionais que trabalharão nesses centros.

De acordo com a Associação, dados do Centro dos Estados Unidos de Controle e Prevenção de Doenças (CDC), divulgados pelo cientista Stephanie Staff, se os casos de autismo no mundo continuar em crescimento acelerado é possível se chegar em 2025 com um autista para cada dois nascimentos.

O presidente da entidade, Clori Carlos Pistore, assegurou que a associação quer aproveitar esse momento para sensibilizar os vereadores, a fim de que as propostas se transformem em emendas. “Entregamos nossas propostas para todos os vereadores”, assegurou. “Nossa missão é propor, elaborar políticas públicas, direitos que nossos filhos têm”, completou a vice-presidente da associação, Tereza Souza.

Vereadores como Álvaro Campelo (PP) e Fabrício Lima (SD) estão empenhados em favorecer a entidade e estudar as demandas da entidade.

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505