09/11/2015 15h10 - Atualizado em 9/11/2015 15h10

Quadrilha de assaltantes é presa em Manaus

A última ação dos criminosos ocorreu na última sexta-feira, em uma loja de materiais de construção.
Foto: Divulgação PC
Foto: Divulgação PC

Cinco homens foram presos na última sexta-feira, dia 6, pela equipe de investigação da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (Derfd), logo após roubarem uma loja de materiais de construção situada na Avenida General Rodrigo Otávio, bairro Japiim, zona Sul. Durante a fuga os infratores trocaram tiros com a polícia e um deles acabou baleado, mas passa bem e não corre risco de morte.

Durante coletiva de imprensa realizada na manhã de hoje, na sede da Derfd, o delegado titular da especializada, Adriano Felix, informou que Isac Braga Silva, 31, conhecido como “Bob”; Luan de Lima Soares, 21, o “Zero”; Ericson Pereira de Araújo, 30, chamado de “Gordo”; Alexsandro Nobre Ferreira, 22; e Lucivaldo Melo Castelo Branco Júnior, 26, o “Júnior Bundinha”, presos por volta das 15h30 de sexta-feira, já vinham sendo investigados há três meses por envolvimento em outros roubos na capital.

De acordo com a autoridade policial, logo após o roubo à loja de materiais de construção os policiais civis interceptaram os veículos onde os infratores estavam. Na ocasião, houve troca de tiros e Alexsandro foi alvejado na perna esquerda. O jovem foi conduzido ao Hospital e Pronto-Socorro 28 de Agosto, na Avenida Mário Ypiranga Monteiro, na zona Centro-Sul, onde recebeu atendimento médico.

Foram apreendidas com o bando duas armas calibre 38 e onze munições do mesmo calibre, pouco mais de R$ 2,9 mil em espécie, uma motocicleta de placa NOM-6996 e um veículo Gol, de placas JXU-2265.

Adriano Felix ressaltou que a quadrilha roubou em Manaus empresários e estabelecimentos comerciais, incluindo supermercados, joalherias e uma autoescola, situados em diferentes locais da cidade. “São doze inquéritos solucionados. Espero que, a partir da prisão dessa quadrilha, o índice de roubo diminua na capital. Cabe mencionar que são pessoas de alta periculosidade, responsáveis por vários roubos e que já respondem por muitos processos na Justiça”, argumentou.

O delegado titular da Derfd forneceu detalhes, ao longo da coletiva, sobre o modo de operação dos infratores. “Primeiramente eles definiam o alvo e observavam a rotina das pessoas e também dos funcionários, no caso dos estabelecimentos comerciais. Em seguida se encontravam para praticar o crime. Eles agiam de forma violenta com as vítimas e chegaram, inclusive, a resistir à abordagem policial. Estamos falando de pessoas realmente perigosas”, disse.

Raimundo Acioly, delegado geral de Polícia Civil do Estado, esteve presente na coletiva e fez elogios à atuação da equipe da Derfd e das outras especializadas da instituição. “Eu só tenho a agradecer o trabalho realizado pelos nossos policiais civis que atuam nas delegacias especializadas. Meu muito obrigado a todos os investigadores, escrivães e àqueles que comandam as ações: os nossos delegados”, declarou.

Isac, Luan, Ericson, Alexsandro e Lucivaldo foram autuados em flagrante por roubo majorado e organização criminosa. Após os procedimentos legais, eles serão encaminhados à Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, onde irão permanecer à disposição da Justiça.

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505