27/11/2015 08h36 - Atualizado em 27/11/2015 08h38

Senador Romário pede à PGR que seu nome seja investigado na Suíça

Foto: Agência Estado
Foto: Agência Estado

O senador Romário Faria protocolou um ofício na manhã de hoje (27) pedindo ao procurador-geral da República, Rodrigo Janot, que provoque a abertura de investigação do Ministério Público da Suíça sobre supostas contas bancárias atribuídas a ele no exterior.

O nome do pessebista aparece em áudio que levou o senador Delcídio do Amaral à prisão. Na conversa entre o petista, o advogado de Nestor Cerveró, Edson Ribeiro e do filho do ex-diretor da Petrobras, Bernardo Cerveró, Delcídio faz menção a um suposto acordo entre Romário e Eduardo Paes para apoio na candidatura de Pedro Paulo à prefeitura do Rio de Janeiro.

O advogado e o filho de Cerveró perguntam no áudio se Romário de fato tinha conta na Suíça, como apontado em reportagem da revista “VEJA” e posteriormente corrigido. Delcídio responde que “em função disso fizeram acordo”.

Fonte: Exame.com

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505