23/11/2015 15h15 - Atualizado em 23/11/2015 15h15

Vila de Paricatuba é declarada como Patrimônio Histórico do Amazonas

A lei é de autoria do deputado Luiz Castro (REDE), promulgada no dia 17 deste mês.
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A Vila de Paricatuba, localizada no município de Iranduba (a 25 km de Manaus), é declarada Patrimônio Histórico Cultural Imaterial do Estado do Amazonas, por meio da Lei nº 4.260, de autoria do deputado Luiz Castro (REDE), promulgada no dia 17 deste mês.

O reconhecimento de Paricatuba como patrimônio histórico imaterial, segundo Luiz Castro, assegura a proteção da memória da comunidade, marcada pela edificação do prédio Belizario Pena, resguardando também a vivência coletiva, as manifestações e práticas culturais dos seus moradores.

“Apesar das ruínas, Paricatuba guarda um patrimônio que precisa ser preservado porque conta a história da vinda dos italianos, dos religiosos, e dos portadores de hanseníase, que ali viveram um longo período de segregação, isolados da convivência de seus familiares e da sociedade”, ressalta o deputado. “Além disso, a vila possui sítios arqueológicos e atrativos turísticos”, completa.

A importância histórica da vila de Paricatuba remonta ao século 19, com a construção do imponente prédio Belizario Pena, em 1898, no apogeu econômico da borracha, destinado a receber os imigrantes italianos que vieram em busca de trabalho no Amazonas.

O suntuoso prédio de sólida arquitetura colonial, hospedou os italianos e mais tarde funcionou como sede do Liceu de Artes e Ofício de Paricatuba, onde os moradores da vila aprendiam com padres franceses o ofício da marcenaria, construção civil e das artes. As instalações também serviram como casa de detenção.

Mas a memória do prédio ainda ficaria marcada por abrigar os portadores de hanseníase, a partir de 1924. Numa época em que o mal de Hansen era uma doença temida por todos, as autoridades de Saúde, usaram o prédio por cerca de 60 anos,.para isolar os doentes, que além das graves sequelas causadas pela moléstia, sofreram os horrores da segregação social.

A década de 70 registrou o declínio de Paricatuba. O prédio outrora luxuoso, foi abandonado e se transformou em ruínas. Hoje, o local é visitado por turistas interessados em conhecer a história e o que restou do prédio Belizario Pena, além das belezas naturais da vila.

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505