14/12/2015 15h26 - Atualizado em 14/12/2015 15h26

Acusado de matar pedreiro é preso em Manaus

O criminoso teve a ajuda de um adolescente, que está foragido.
Foto: Divulgação PC
Foto: Divulgação PC

A equipe de investigação da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) prendeu, na tarde da última sexta-feira, dia 11, no bairro Nova Cidade, zona Norte de Manaus, o pintor Jhoe Denncer Nery Ribeiro, 19, o “Denncer”, pelo homicídio do pedreiro José Rodnei Gonçalves Reges, que tinha 59 anos, fato ocorrido em 19 de novembro deste ano. O infrator teria cometido o crime na companhia de um adolescente de 17 anos, o qual ainda é procurado pela polícia.

Durante coletiva de imprensa, realizada na manhã desta segunda-feira, dia 14, na Delegacia Geral, o delegado titular da DEHS, Ivo Martins, informou que Jhoe foi capturado pelos policiais da especializada na residência de um vizinho, onde ele estava escondido, situada na Rua Dom Jackson Damasceno, conjunto João Paulo 2, bairro Nova Cidade.

Conforme o delegado, no dia 19 de novembro deste ano, por volta das 23h, Jhoe e um menor teriam abordado a vítima em uma lanchonete, localizada na Rua Curaçal, bairro Nova Cidade.

“O adolescente conhecia José e pediu para que ele os levasse de carro até um lanche nas proximidades de um supermercado no mesmo bairro. Durante o trajeto, o menor simulou que queria urinar, razão pela qual a vítima parou o automóvel. Neste momento, o adolescente, que estava em posse de uma faca, passou a esfaquear José, enquanto Jhoe o segurava para que ele não reagisse”, informou Martins.

Ainda de acordo com a autoridade policial, Jhoe relatou, em depoimento na delegacia, que José foi esfaqueado pelo menos cinco vezes, em várias regiões do corpo. Após cometer o homicídio, a dupla colocou o corpo da vítima no banco traseiro do veículo e, em seguida, o adolescente passou a dirigir o automóvel. A intenção, segundo Jhoe, era ocultar o corpo de José em um ramal ali próximo, mas o plano foi frustrado.

“Durante o trajeto, os dois indivíduos se assustaram com a aproximação de uma guarnição da Polícia Militar, ocasião em que o adolescente bateu o veículo e, em seguida, ambos empreenderam fuga. Jhoe e o adolescente conseguiram fugir com a quantia de R$ 200, em espécie, roubada da vítima. O menor já foi identificado, mas ainda está solto”, afirmou o delegado.

Jhoe foi indiciado por homicídio qualificado, por motivo torpe. O mandado de prisão, em nome do infrator, foi expedido pela juíza plantonista criminal Ana Lorena Teixeira Gazzineo. Após os procedimentos legais, ele será encaminhado à Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, onde permanecerá à disposição da Justiça.

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505