01/12/2015 12h09 - Atualizado em 1/12/2015 12h14

Amazonas colhe mais de 34 mil assinaturas de apoio às 10 Medidas Contra a Corrupção

Na próximo dia 9, é comemorado o Dia Internacional de Combate à Corrupção.
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Com mais de 7.700 assinaturas entregues ontem (30), pela Câmara de Dirigentes Lojistas de Manaus (CDLM) e pela Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Amazonas (FCDL-AM), o Amazonas ultrapassou a marca de 34 mil assinaturas de apoio à campanha 10 Medidas Contra a Corrupção. Com isso, o Estado atingiu mais de 500% da meta estadual estabelecida para a campanha, que era ter 0,3% do eleitorado amazonense apoiando a iniciativa.

As assinaturas foram entregues durante reunião da CDLM e FCDL-AM com a participação do procurador-chefe do Ministério Público Federal no Amazonas (MPF/AM), Edmilson da Costa Barreiros Júnior, e representantes do comércio de Manaus. “Estamos aqui para parabenizar todos aqueles que estão trabalhando para diminuir a corrupção no país inteiro e dizer que o comércio está trabalhando junto com o Ministério Público”, declarou o presidente da CDLM, Ralph Assayag.

A mobilização da CDLM e da FCDL-AM para a coleta de assinaturas foi realizada na capital e no interior, junto a colaboradores das instituições, que levaram as fichas para que familiares e colegas de faculdade também assinassem, e em abordagem ao público em geral em pontos de ônibus, faculdades, nas unidades de Pronto Atendimento ao Cidadão (PACs), órgãos públicos e eventos com grande fluxo de pessoas.

O presidente da FCDL-AM, Ezra Azury, lembrou da primeira reunião realizada com o MPF, quando a campanha foi apresentada e foi indicado que a meta para o Amazonas era conseguir menos de sete mil assinaturas, o que corresponde a 0,3% dos eleitores do Estado. Ele contou que considerou este número muito baixo para o potencial do Amazonas. “Com o trabalho que fizemos no interior e na capital só nós, das Câmaras de Dirigentes Lojistas, conseguimos ultrapassar a meta do Amazonas para mostrar que estamos tão indignados quanto qualquer um do país”, afirmou.

Apoio do comércio no mês de dezembro – O procurador-chefe do MPF/AM, Edmilson da Costa Barreiros Júnior, destacou que a campanha, em menos de seis meses, já alcançou quase metade do número de assinaturas pretendido, que é 1,5 milhão. O país inteiro já coletou mais de 744 mil assinaturas.

Para alavancar a coleta no último mês do ano, o procurador-chefe disse considerar fundamental o apoio do comércio. “Não existe setor mais pujante e mais procurado em dezembro do que o comércio. Nós sentimos que o empresário tem condições de contribuir muito neste período para a coleta das assinaturas junto aos colaboradores e clientes”, garantiu.

Durante a reunião, as dez medidas foram apresentadas aos empresários presentes, que manifestaram apoio à campanha com a montagem de postos de coleta de assinaturas nos estabelecimentos comerciais.

Na próxima semana, o MPF/AM e parceiros da campanha 10 Medidas Contra a Corrupção realizarão uma série de atividades de mobilização para intensificar a coleta das assinaturas de apoio na semana em que se comemora o Dia Internacional de Combate à Corrupção, 9 de dezembro.

Fonte: MPF-AM

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505