14/12/2015 14h52 - Atualizado em 14/12/2015 14h52

Deputado acusa Ipaam de “emperrar” obras da BR-319

Orlando Cidade pediu o apoio para ir à Justiça pedir que o órgão se manifeste.
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Em pronunciamento no plenário da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), nesta segunda-feira (14), o deputado Orlando Cidade (PTN) classificou de “omisso” o Instituto de Proteção Ambiental do Estado do Amazonas (Ipaam) por não liberar as licenças que permitem a continuação das obras de manutenção e conservação da BR-319. Cidade pediu o apoio do parlamento para ir à Justiça pedir que o órgão se manifeste.

Orlando Cidade disse que o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) solicitou a liberação da obra que seguiu para a decisão do presidente do Tribunal Regional Federal (TRF) da 1ª Região, desembargador federal Cândido Ribeiro. O desembargador suspendeu liminar da 7ª Vara da Justiça Federal do Amazonas, Aline Soares Lucena Carnaúba, que atendia a uma ação civil pública movida pelo Ministério Público Federal.

No entanto, o deputado disse que o Ipaam continua não liberando as licenças necessárias para dar continuidade às obras do trecho do meio (entre os quilômetros 250 e 655 da BR-319). “Vou pedir o apoio do governador José Melo (PROS) para não permitir que o Ipaam seja o causador desse prejuízo à economia amazonense e à população em geral”, lamentou.

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505