02/12/2015 19h46 - Atualizado em 3/12/2015 11h33

Dilma diz que recebeu com “indignação” notícia sobre impeachment

Declaração foi dada em entrevista coletiva a imprensa na noite desta quarta-feira (2).
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Em seu primeiro pronunciamento após o anúncio de abertura do processo de impeachment na Câmara dos Deputados, a presidente Dilma Rousseff disse que recebeu a notícia “com indignação”. Disse quefoi eleita de forma democrática pelo povo brasileiro, não praticou nenhum ato ilícito, que não existe contra ela denúncias de desvio de dinheiro público, e que não tem conta no exterior ou emitiu contas, fazendo referência clara às denúncias contra Eduardo Cunha. Ela também citou que não usa o cargo para coagir ninguém, também se referindo indiretamente a Cunha.

Ela comentou o fato da bancada do PT barganhar votos no Conselho de Ética ter virado notícia, mas afirmou que nunca aceitaria tal coisa. Dilma disse que está tranquila e acredita em seu “justo arquivamento”. Dilma entrou no ambiente cheio de jornalistas, leu o texto de seu discurso, agradeceu e saiu da sala, sem responder nenhuma pergunta dos presentes. O pronunciamento durou cerca de 3 minutos.

Rui Falcão, presidente do PT, também se pronunciou sobre o assunto, afirmando que a ação de Cunha é golpe e escrevendo: “Golpistas não passarão! #NãoVaiTerGolpe #DilmaFica” em sua conta do Twitter.

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505