02/12/2015 11h51 - Atualizado em 2/12/2015 11h55

Pedido por novas ciclovias e ciclofaixas é destaque em terceira audiência sobre o PlanMob

Leonardo Aragão, do ‘Pedala Manaus’ participou da audiência.
Foto: Robervaldo Rocha/CMM
Foto: Robervaldo Rocha/CMM

Mais segurança nas vias, implementação de ciclovias e ciclofaixas na cidade de Manaus para facilitar e estimular o uso da bicicleta como um meio de transporte urbano foram os balizadores das discussões, durante o terceiro ciclo de debates em torno do Plano de Mobilidade Urbana de Manaus (PlanMob), que teve como tema principal ‘Ciclovias e Bicicletas’, realizado na terça-feira (1º), no plenário Adriano Jorge da Câmara Municipal de Manaus (CMM).

Na audiência, conduzida pelo presidente da Comissão Especial do PlanMob, vereador Felipe Souza (PTN), participaram do debate Leonardo Aragão, da Associação Ciclística Pedala Manaus, o subsecretário municipal de Esporte, Rodrigo Guedes, o presidente do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Amazonas, Jaime Kuck, Luis Eduardo, diretor do projeto Trânsito Manaus , Silvio Marcos, da Fucapi, além da presença dos vereadores Professor Bibiano, Waldemir José, ambos do PT, Arlindo Junior(PROS), Socorro Sampaio (PP), Joelson Silva (PHS), Walfran Torres (PTC), Gloria Carrate (PSD).

Leonardo Aragão, da Associação Ciclística Pedala Manaus, reforçou as nove propostas da associação, já inclusas no PlanMob, entre as quais ampla campanha de conscientização sobre os ciclistas, campanhas educativas e extensivas a todos os motoristas (ciclismo), implantação do serviço de bicicletas públicas, implantação de bicicletário nos terminais de integração, implantação de rotas cicláveis entre as zonas Norte e Leste e a implantação de ciclovias e ciclofaixas nas novas vias.

As propostas, segundo Leonardo, foram apresentadas ao prefeito de Manaus durante uma audiência de participação social. Para reforçar ainda mais as alternativas da associação, Leonardo Aragão relatou uma pesquisa de análise do perfil de ciclistas, feita nas dez principais capitais do Brasil. Segundo o estudo, a pesquisa fornece informações imprescindíveis para desenvolver novas diretrizes em prol da bicicleta como meio de transporte em Manaus e aponta os diversos problemas encontrados nas vias ciclísticas da cidade.

“A falta de infraestrutura adequada, de respeito dos condutores motorizados, de segurança no trânsito e de sinalização são alguns dos enfrentados pelos ciclistas amazonenses”, destacou Leonardo Aragão.

O arquiteto e Urbanista da Câmara, Pedro Paulo, em breve apresentação do PlanMob, destacou que o plano estabelece que deve ser feito um plano cicloviário em Manaus, para que sejam determinados onde estarão as ciclovias e ciclofaixas. A partir da confecção desse plano, é que se poderá dizer quantas seriam feitas.

“Todos os bairros devem ter uma visão de integração, talvez uma ciclovia ou ciclorrota passe por diversos bairros”, disse Pedro Paulo, ao observar, ainda, que esse tipo de plano e essas execuções são divididas em diretrizes, programas e ações, com previsão a médio e longo prazos, podendo ter medidas que podem ser executadas a curto prazo, como as campanhas de incentivo ao uso da bicicleta.

Um total de 80 quilômetros de rotas cicláveis em grande escala integradas ao transporte coletivo, e 110 quilômetros de rotas de integração entre os bairros, já estão contempladas no PlanMob, com o objetivo de implantar o sistema cicloviário, na busca de uma cidade sustentável, como informou Pedro Paulo.

Jaime Kuck ressaltou que é preciso recursos, projetos e maquetes, para ver o que, de fato, interfere, modifica e transforma a cidade, para garantir um maior fortalecimento dentro do Instituto de Planejamento Urbano (Implurb). “O Planmob é apenas um item dentro do planejamento. Não se abre uma rua apenas para ir e vir, mas são várias variáveis que contribuem no melhoramento ou piora da mobilidade”, ressaltou Jaime Kuck.

Por sua vez, Jordan Gouveia da Comissão dos Ciclistas do Amazonas não vê, no plano, contemplação nas áreas mais populosas de ciclovias. Temos que rever o conceito de pessoas em relação a essa discussão”, disse ele.

Felipe Souza ressaltou que as discussões, promovidas com a audiência desta terça, somam com o PlanMob, e, a partir de agora, serão inclusas no PlanMob novas propostas. “A prefeitura, com certeza, irá implementar no plano de mobilidade as novas ciclovias e ciclofaixas. Espero que amanhã o nível do debate seja mantido na audiência para discutir o sistema de transporte e BRT”, destacou o presidente.

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505