10/12/2015 15h35 - Atualizado em 10/12/2015 15h35

PMDB pode antecipar decisão sobre permanência no governo

Cunha está rompido com o governo desde que foi acusado de receber propina.
Foto: Lula Marques/Agência PT
Foto: Lula Marques/Agência PT

O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), disse nesta quinta-feira que seu partido pode antecipar a convenção atualmente prevista para março para discutir a permanência do partido no governo da presidente Dilma Rousseff em meio a uma relação política que disse estar em “ebulição”.

Cunha, que está rompido com o governo desde que foi acusado de receber propina por um delator da Lava Jato, disse a jornalistas não saber hoje se a maioria do PMDB, partido presidido pelo vice-presidente Michel Temer, é favorável ou contrária à permanência no governo federal.

Fonte: Exame.com

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505