27/01/2016 13h20 - Atualizado em 27/01/2016 13h20

Dezesseis bandas de carnaval saem às ruas neste fim de semana

Entre elas está a Banda Independente da Confraria do Armando (a popular Banda da Bica) e a Banda Difusora.
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Os foliões podem preparar suas máscaras, serpentinas e confetes para o fim de semana de muito carnaval. Ao todo, 16 bandas e blocos ganham as ruas já na noite de sexta-feira, 29, e seguem até domingo, 31. Entre elas está a Banda Independente da Confraria do Armando (a popular Banda da Bica) e a Banda Difusora, que prometem levar uma multidão para as ruas do Centro da Cidade no sábado, 30. No total, 97 bandas recebem o apoio da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult) neste carnaval.

Na sexta-feira, os bairro do Japiim e do Educandos, na Zona Sul, realizam, respectivamente, o Bloco Carnavalesco Fura Olho e a Banda do Coronel. No sábado, 30, ocorrerão oito bandas: do Jaraqui, do BJ, Tracajá, das Candinhas, Marquinho, Bica, Difusora e o Bloco das Poderosas, em diferentes zonas da cidade. No domingo, é a vez das bandas do Boulevard, da Paz, Dos Las Vegas, do Papa Sopa, Bhanda da Bhaixa da Hégua e Bloco Amigos da Vitória Régia.

De acordo com o diretor presidente da Manauscult, Bernardo Monteiro de Paula, a cada ano o processo de seleção das bandas de Carnaval que receberão apoio estrutural da Prefeitura de Manaus vem se aprimorando, o que torna a realização de cada evento mais seguro e confortável para os foliões.

“Fizemos um processo amplo e transparente, com orientação e consultoria a todos que nos procuraram. Isso facilita nosso planejamento, uma vez que chegamos a ter muitos eventos em um único dia, e faz com que o público tenha opções seguras e estruturadas de diversão. O Carnaval de rua de Manaus é uma tradição cultural que merece ser valorizada”, afirmou.

Uma das maiores bandas de rua da cidade, a Banda da Bica comemora 30 anos nesta edição com o tema “Bar do Armando é patrimônio cultural, mas continua metendo a Bica em político lalau”, a partir das 16h, em frente ao Bar do Armando (ao lado do Largo São Sebastião). Ainda no sábado, a difusora comemora 21 anos levando ao palco atrações como Frutos do Pagode e a Escola de Samba campeã de 2015, Mocidade Independente de Aparecida.

“Boulevard nas Olimpíadas: Manaus, minha medalha é amar você” é o tema da Banda do Boulevard que terá início às 16h do domingo. A via – avenida Senador Álvaro Maia – será interditada a partir das 8h para a montagem do palco. De acordo com o diretor de eventos da banda, João Mota, o público pode esperar muita animação com as tradicionais bandinhas de metais tocando frevo e com a participação das baterias das escolas de samba Vitória Régia, Reuni Unido da Liberdade, Balaku Blaku e A Grande Família.

“Além disso, teremos a nossa bateria, com 80 componentes, sob o comando do mestre Didi Redman. Somos a única banda a ter os próprios os ritmistas, por isso, conclamo o povo para mais um ano curtir nosso Carnaval”, afirmou Mota. Segundo ele, são esperadas mais de 110 mil pessoas. “Por conta disso haverá um reforço na segurança com a presença de 470 policiais militares”, completou. Ainda no domingo, a Bhanda da Bhaixa da Hégua comemora seus 25 anos, completados em dezembro, com o tema “Hégua para o mundo ver”. “O tema é baseado em uma reportagem que um canal pago fez com a gente para rede nacional. Chegou a hora do mundo nos conhecer”, conta, de forma irreverente, o presidente da banda, Alcides de Castro Fernandes.

“A banda nasceu em 1991 quando não teve Carnaval de rua em Manaus por conta do governo Collor. Foi aí que decidimos colocar o bloco na rua, mesmo sob dificuldades financeiras. O nome é uma homenagem a um senhor que criava duas éguas no Educandos. O boneco, com toda licença poética, foi inspirado na então primeira-dama do Brasil, Rosane Collor”, explicou.

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505