06/01/2016 09h13 - Atualizado em 7/01/2016 04h18

Está disponível calendário 2016 de pagamento do benefício previdenciário

A primeira parcela do 13º salário será paga no dia 22 de junho e a segunda, no dia 21 de novembro.
Foto: Manaus Previdência
Foto: Manaus Previdência

A Manaus Previdência divulga o calendário de pagamento dos benefícios aos aposentados e pensionistas para o exercício de 2016. A primeira parcela do 13º salário será paga no dia 22 de junho e a segunda, no dia 21 de novembro. A autarquia é a gestora do Regime Próprio de Previdência dos Servidores (RPPS) do município de Manaus.

Até novembro, a instituição registrou o total de 5.916 segurados, sendo 4.525 aposentados e 1.391 pensionistas. Com atuação forte e segura, tanto nas áreas previdenciária, de finanças e de investimentos, o órgão fecha o terceiro ano da administração municipal registrando o aumento do patrimônio em 63%, aplicando os recursos em investimentos de baixo risco, com rentabilidade equivalente à meta atuarial, reduzindo a participação dos fundos de alto risco na carteira de investimentos da instituição.

Censo previdenciário
Em 2016, a previdência do município vai realizar o Censo Previdenciário, ação essencial para a atualização dos dados cadastrais e funcionais dos servidores públicos municipais efetivos, estando em atividade ou não, assim como pensionistas e dependentes, todos vinculados ao Regime Próprio de Previdência Social (RPPS). Com estas informações, será possível aprimorar a ferramenta informatizada de Gestão Previdenciária sobre os dados cadastrais e funcionais dos servidores, atendendo às necessidades de execução dos serviços da unidade gestora (Manaus Previdência), em consonância com a Constituição e as legislações federal e municipal que tratam sobre o RPPS.

Assim, excepcionalmente em 2016, os aposentados e pensionistas do município não precisarão realizar o recadastramento anual no mês de aniversário, à medida que o censo já vai cumprir essa função. “O censo vai permitir a construção de uma base de dados sólida e confiável, possibilitando um cálculo financeiro e atuarial mais preciso, reduzindo, de forma segura, o custo da previdência para o município já a partir de 2016”, explicou o diretor-presidente da previdência municipal, Marcelo Magaldi.

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505