12/01/2016 09h16 - Atualizado em 12/01/2016 09h16

Jennifer Lawrence se irrita com repórter após Globo de Ouro

Foto: mixme.com.br
Foto: mixme.com.br

Mesmo após ter ganhado o terceiro Globo de Ouro da carreira, a atriz Jennifer Lawrence não parecia estar no melhor dos humores durante a entrevista coletiva que concedeu para os jornalistas após a cerimônia. A americana, que levou o troféu de melhor atriz em filme cômico ou musical pela atuação em Joy: O Nome do Sucesso, mostrou um lado pouco conhecido do público e não poupou grosserias a um repórter que tentou fazer uma pergunta a ela.

Logo que o jornalista começou a falar, ele foi prontamente interrompido pela atriz, que não gostou do fato de ele estar, aparentemente, olhando para a tela do celular enquanto fazia a pergunta. “Você não pode viver sua vida atrás do seu celular. Você não pode fazer isso, você tem que viver no momento”, disparou a atriz, gesticulando e mostrando que ela gostaria que ele olhasse diretamente para ela. Após um pedido de desculpas, o jornalista tentou continuar a pergunta, sobre como ela se via para a noite do Oscar, e foi novamente cortado pela entrevistada. “Nós estamos no Globo de Ouro. Se você largasse seu celular, você saberia disso”, disse com cara de poucos amigos.

Levantou-se a possibilidade de o jornalista não ser americano, por causa do sotaque que ele tem, o que justificaria a necessidade de usar o celular para, por exemplo, ler a pergunta que ele faria à atriz. Apesar da situação ter arrancado risos entre os que estavam na sala onde acontecia a entrevista, a reação do público no Twitter foi bem diferente. Muitos defenderam o repórter e criticaram a grosseria da atriz. “Jennifer Lawrence foi terrível.

O inglês não era a língua nativa dele e ele precisava do celular para ler a questão”, escreveu uma usuária na rede social. “Eu adoro a Jennifer, mas ela precisa se desculpar” e “Ela quer ser a queridinha dos Estados Unidos, mas faz isso no palco. O desrespeito que ela teve com um repórter estrangeiro mostrou uma enorme falta de classe”, foram alguns outros tuítes sobre o caso.

Fonte: Veja.com

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505