09/01/2016 11h47 - Atualizado em 11/01/2016 11h37

Mais de 38 mil são beneficiadas com o Programa Amazonas Saúde Itinerante

Os atendimentos ocorreram em 55 municípios do Estado.
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O Governo do Amazonas, por meio do Programa Amazonas Saúde Itinerante da Secretaria Estadual de Saúde (Susam), beneficiou em 2015 cerca de 38.632 mil pessoas de 55 municípios do Estado com atendimentos médico-cirúrgicos e consultas especializadas. O programa, que tem o objetivo de levar atendimento médico para a população do interior, realizou, nesse período, cerca de 105 ações nas áreas de cirurgia geral e ginecológica; cirurgias de catarata e labioleporino e consultas oftalmológicas com dispensação de óculos.

Em cumprimento ao planejamento das ações do ano passado, o Programa Amazonas Saúde Itinerante está realizando nesta sexta-feira, 8 de janeiro, e sábado, 9, no município de Manacapuru (a 84 quilômetros de Manaus) atendimentos nas áreas de cirurgia geral e ginecológica. Cerca de 140 pessoas devem ser beneficiadas principalmente nos procedimentos cirúrgicos de vesícula; hérnia e retirada de útero.

Conforme a coordenadora do programa, Carmelita Alves, as ações no interior ajudaram os moradores a terem acesso aos diagnósticos que antes eram somente realizados na capital. “Muitas pessoas que precisavam fazer cirurgias importantes para a saúde conseguiram realizar com os atendimentos oferecidos pelo programa. Nesse tempo fizemos muitos procedimentos em cirurgia geral e ginecológica, sendo os procedimentos de hérnia e vesícula como as maiores demandas”.

Entre os dias 15 e 17 de janeiro, será a vez do município de Itacoatiara (a 200 quilômetros de Manaus) a receber ações do Programa Amazonas Saúde Itinerante. Na cidade serão realizadas uma média de 150 atendimentos na área cirúrgica.

Satisfação – Para a população de Manacapuru, o mutirão itinerante foi importante por oferecer condições de retomada da qualidade de vida. Após passar dois anos com problema de hérnia renal, o agricultor Edson Chagas, 66, vai poder voltar às suas atividades de cultivo e plantação de frutas e hortaliças em seu sítio, localizado no km 21, da estrada que leva ao município de Novo Airão.

“Espero ter mais saúde para poder eu fazer o que mais gosto, que é trabalhar nas minhas plantações. Essa oportunidade foi como um milagre na minha vida porque faz um tempo que precisava operar e de repente recebi um telefonema para eu ser atendido”, disse.

A aposentada Maria Rocicleia, 56, disse estar mais aliviada depois da cirurgia de retirada de pedra na vesícula. “É muito bom poder dar um basta no sofrimento porque muitas vezes vinha para o hospital já sem condições e, com esse mutirão, foi uma grande ajuda para todos nós”.

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505