26/01/2016 16h30 - Atualizado em 26/01/2016 16h30

PC divulga imagens de agressores de mulheres que estão foragidos

Entre os foragidos, um tentou matar a esposa.
Foto: Divulgação PC
Foto: Divulgação PC

A delegada titular da Delegacia Especializada em Crimes contra Mulher (DECCM), Andrea Nascimento, pede a colaboração de todos para localizar os foragidos da justiça: Lucas Nunes de Castro, 20, Raimundo de Oliveira Souza Filho, 35, Alexandre Campos Pereira, 25 e o autônomo Armstrong Montenegro Sampaio, 30, autor de um homicídio tentado.

Segundo a delegada Andrea, os quatro foragidos são contumazes na prática de crimes no âmbito da violência doméstica e não podem continuar impunes. “Todos eles respondem por processos de lesão corporal, danos e descumprimento de medidas protetivas”, disse.

De acordo com investigações da Polícia Civil, Lucas ameaçava a ex-companheira dele diariamente. Em uma das ameaças feitas à vítima, conforme depoimento de testemunhas, o infrator disse que a mulher choraria “lágrimas de sangue” e que a mataria, quando ela estivesse sozinha. No dia 11 de Setembro de 2015 foi expedido um mandado de prisão preventiva pela prisão dele.

Raimundo de Oliveira Souza Filho, 35, estava separado há três meses da ex-companheira e não aceitava o fim do relacionamento, por isso, começou a proferir ameaças de agressão à vítima, até que no dia 17 de outubro de 2015, o homem invadiu a casa da mulher e a esfaqueou. A mulher foi levada ao Hospital e Pronto Socorro Doutor João Lúcio Pereira Machado, mas faleceu no dia 22 de Outubro de 2015.

O Segurança Alexandre Campos Pereira, 25, já teve passagem pela polícia por tentativa de homicídio, receptação e roubo. Na última ocasião, ele desferiu um soco no rosto da ex-companheira, a qual ficou gravemente lesionada. O infrator será indiciado por ameaça e lesão corporal.

Armstrong Montenegro Sampaio, 30, é apontado por homicídio tentado, por tentar matar a ex-mulher com quinze facadas. O fato aconteceu em Junho de 2015, na residência onde o casal morava, situada no bairro Centro, zona Sul da capital. Armstrong será indiciado por ameaça, lesão corporal e tentativa de homicídio.

Por ordem judicial do 2° Juizado Especializado da Violência Doméstica (Maria da Penha), os infratores receberam mandado de prisão preventiva e estão foragidos da polícia.

Qualquer informação que possa contribuir com as investigações da Polícia Civil e sobre o paradeiro do infrator, podem ser repassadas pelos números da Delegacia Especializada em Crimes contra Mulher (Deccm): 3236-7012 e 181, o disque-denúncia da Secretaria de Segurança Pública do Estado do Amazonas (SSP-AM). É assegurado o sigilo da identidade dos informantes.

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505